Moeda em comemoração aos 200 Anos da Independência do Brasil vai custar R$ 420

As vendas serão feitas exclusivamente pelo Clube da Medalha da Casa da Moeda do Brasil.

Banco Central lança moedas comemorativas dos 200 Anos da Independência do Brasil. Foto: Raphael Ribeiro/BC

O Banco Central (BC) lançou nesta terça-feira duas moedas comemorativas pelos 200 Anos da Independência do Brasil, uma em prata com valor de face de R$ 5 e outra em cuproníquel, de R$ 2.

A moeda em cuproníquel terá tiragem inicial de 10 mil e pode chegar a 40 mil. Ela será estampada com o quadro “Independência ou Morte”, de Pedro Américo e trará a primeira estrofe do hino da independência, escrito por Evaristo da Veiga e com música composta pelo próprio D. Pedro I, no verso, onde fica o valor de face. Cada unidade será vendida ao público por R$ 34.

Já a moeda em prata terá tiragem inicial de 5 mil e máxima de 20 mil. A estampa será o quadro “Sessão do Conselho de Estado”, de Georgina de Albuquerque com a litografia “D. Pedro I: Imperador”, de Sebastien Sisson. No verso, a moeda traz a bandeira nacional e a primeira estrofe do hino da independência. Cada uma será vendida por R$ 420.

Moedas comemorativas dos 200 Anos da Independência do Brasil. Foto: Raphael Ribeiro/BC

“O BC celebra com todos os brasileiros os 200 anos da data em que nos tornamos uma nação”, disse o presidente da autoridade monetária, Roberto Campos Neto, na cerimônia de lançamento.

Em nota, o BC detalhou que o reverso da moeda de cuproníquel traz pela primeira vez em uma moeda brasileira o recurso da cor. “Nesse caso, as cores verde e amarela, escolhidas por D. Pedro I logo após a Independência, aparecem em uma faixa em movimento. Essas cores são provenientes das casas de Bragança e Habsburgo e foram usadas na Bandeira do Brasil desde o Primeiro Império, tornando-se um símbolo nacional”, detalhou.

As vendas serão feitas exclusivamente pelo Clube da Medalha da Casa da Moeda do Brasil.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico