Mercado volta a subir projeção para a inflação em 2022, de 5,09% para 5,15%

IPCA deve estourar a meta do Banco Central pelo segundo ano seguido, se previsão for confirmada

Sede do Banco Central, em Brasília (Foto: Pablo Jacob/ Agência O Globo)

O novo boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (24) pelo Banco Central, mostra que a expectativa dos agentes das instituições financeiras para a inflação medida pelo IPCA em 2022 subiu pela segunda semana seguida, de 5,09% para 5,15%. Se confirmada a previsão do mercado, a inflação oficial deve estourar a meta do BC pelo segundo ano consecutivo. A meta perseguida pela autoridade monetária neste ano é de 3,5%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. A projeção para a inflação em 2023 foi mantida em 3,40%.

A expectativa para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2022 voltou a ficar em 0,29%, mesma projeção da semana passada. Para 2023, a perspectiva de crescimento da economia caiu de 1,75% para 1,69%.

No cenário para o câmbio, a expectativa para a cotação do dólar no final de 2022 permaneceu em R$ 5,60. Já para 2023, a previsão aumentou de R$ 5,46 para R$ 5,50.

O panorama para a Selic em 2022 ficou inalterado em relação ao relatório anterior. A expectativa do mercado é que a taxa básica de juros da economia suba a 11,75% ao ano. Para o fim de 2023, a previsão permaneceu em 8% ao ano.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 18h17
União Europeia chega a acordo histórico para regular critpoativos. ‘É o fim do Velho Oeste digital’, diz parlamentar

NFT com preço fixo, como ingressos para eventos ou itens em games, não serão regulados. Provedores deverão divulgar impacto ambiental dos ativos digitais

Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 11h39
Análise: PEC dos Combustíveis dificulta o trabalho do Banco Central para baixar a inflação

O assunto novo levantado pelo Copom em junho é o risco de as medidas colocarem o pé no acelerador da economia, num momento em que a política monetária pisa no freio

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 10h21
Criptomoedas iniciam julho no vermelho com bitcoin abaixo de US$ 20 mil

Bitcoin teve sua pior perda trimestral em mais de uma década

Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 08h34
Cenário de recessão pode piorar mercado acionário nos EUA, alerta pesquisador

Noriel Roubini considera como 'perigosamente ingênua' a visão de analistas que a recessão será leve e de curta duração

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 08h39
Com PEC aprovada no Senado, pacote de medidas eleitoreiras de Bolsonaro já supera R$ 343 bilhões

Montante inclui ações que têm impacto nas contas do governo, como a ampliação do Auxílio Brasil, o vale para caminhoneiros e renúncias fiscais