IF HOJE: Focus indica leve melhora na projeção para a alta do PIB em 2022

Economia do maior parceiro comercial do Brasil cresceu 8,1% em 2021, menos do que o previsto

Unidade produtiva da Vale (Foto: Claudio Belli/Valor)

O crescimento de 4% do PIB (Produto Interno Bruto) da China deve impactar os mercados nesta segunda-feira (17). O maior parceiro comercial do Brasil avançou 4% no quarto trimestre de 2021 ante o mesmo período de 2020, acima da expectativa do mercado, que era de 3,6%. Enquanto a produção industrial teve alta de 4,3%, melhor do que a expectativa de 3,6%, o varejo cresceu apenas 1,7%, contra previsões de 3,7%.

O aumento do PIB de todo o ano de 2021 em comparação com o anterior decepcionou um pouco, no entanto. Ficou em 8,1%, contra projeção de 8,4%.

Por que importa?

A China é o maior comprador de matérias-primas brasileiras como minério de ferro e celulose, além de carne de boi e frrango. O desempenho de sua economia afeta bastante as perspectivas para as empresas produtoras dessas commodities.

Como impacta seus investimentos?

O mercado deve ajustar suas expectativas para os resultados de companhias abertas como a Vale e a Suzano com base no desempenho da economia da China. As produtoras de matérias-primas são as que têm os maiores pesos no Ibovespa, o principal índice acionário da Bolsa de Valores B3.

Para prestar atenção hoje:

Inflação

A FGV (Fundação Getulio Vargas) informou que o IGP-10 (Índice Geral de Preços – 10), que mede a inflação entre o dia 11 do mês anterior e 10 do mês de divulgação, subiu 1,79% em janeiro – acima da taxa de 0,14% observada em dezembro de 2021. Com esse resultado, o índice acumula alta de 17,82% em 12 meses. O IGP-10 é visto como uma prévia da inflação mensal e sinaliza aos consumidores e empresários o tamanho da variação de preço que pode estar por vir.

Focus

O novo boletim divulgado pelo Banco Central mostrou que a projeção para o crescimento do PIB em 2022 parou de piorar. Houve uma leve melhora na expectativa de alta da economia, de 0,28% para 0,29%. A estimativa para o IPCA no final do ano subiu, de 5,03% para 5,09%. O mercado manteve as perspectivas para o câmbio (R$ 5,60) e para a taxa Selic (11,75% ao ano).

Fique por dentro

Feriado nos EUA

Nos Estados Unidos, os mercados ficam fechados devido ao feriado de Martin Luther King.

Prejuízo das chuvas

As intensas chuvas em Minas Gerais neste início de ano já causaram um prejuízo de R$ 1,1 bilhão à economia local. Levantamento da Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais) mostra que balanço dos prejuízos nos 10 primeiros dias do mês de janeiro representa 0,2% do PIB mineiro.

O presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, estima que, caso não cesse as chuvas, as perdas econômicas para Minas Gerais devem chegar a R$ 3 bilhões, somente no primeiro mês do ano.

…e da seca

As perdas do agronegócio brasileiro com a estiagem já somam R$ 47 bilhões, de acordo com levantamentos feitos pelas secretarias estaduais de agricultura de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Com edição de Denyse Godoy


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h16
Bolsas asiáticas fecham em alta após China cortar taxa de juros

Mesmo assim, os investidores seguem atentos à perspectiva de aumento dos juros nos EUA

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 07h26
Elon Musk se reúne nesta sexta-feira com Bolsonaro e empresários

Segundo ministro das Comunicações Fábio Faria, objetivo é discutir conectividade e proteção da Amazônia com o governo brasileiro

Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 18h15
Trabalhador poderá usar até 50% do saldo do FGTS na privatização da Eletrobras

Valor mínimo do investimento é de R$ 200. Governo estabeleceu R$ 6 bilhões como teto global para uso do Fundo, o que pode reduzir percentual que cada trabalhador poderá investir