Monitor do PIB aponta segundo trimestre seguido de retração

Consumo das famílias também é destaque e deve reforçar os efeitos da inflação

Foto: Amanda Perobelli/Reuters

O Monitor do PIB, divulgado nesta sexta-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV Ibre), mostrou uma queda de 0,1% no terceiro trimestre de 2021 em relação ao segundo trimestre. Essa é a segunda retração trimestral observada pelo indicador.

“A economia brasileira reverteu a trajetória de recuperação que havia sido observada no terceiro e quarto trimestre de 2020 e no primeiro trimestre deste ano, comparativamente aos trimestres imediatamente anteriores”, destacou Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV. “No segundo e terceiro trimestres deste ano ocorreram duas taxas negativas de -0,1% em comparação aos trimestres imediatamente anteriores. Por sua vez, a taxa acumulada em 12 meses, até setembro foi de apenas 3,7%”, acrescentou.

Houve uma alta de 0,3% em setembro contra agosto de 2021, conforme os dados de hoje. Já na comparação interanual, a economia cresceu 4,1% no terceiro trimestre e 2,4% em setembro frente os resultados de 2020.

Por que é importante

O indicador acende o alerta para o risco de uma recessão técnica da economia. O resultado oficial do PIB, medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), será divulgado em 2 de dezembro.

Como afeta seus investimentos?

Os últimos indicadores econômicos vieram praticamente todos piores que o esperado pelo mercado. Com as perspectivas negativas para 2022, os números dos setores servem para os investidores calibrarem suas carteiras. A avaliação geral é que o ano que vem ainda é uma grande incógnita, como mostrou a apuração da Inteligência Financeira.

Fique por dentro

PEC dos Precatórios

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) apresentou a ideia de fatiar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios para acelerar o trâmite no Congresso e conseguir fazer o primeiro pagamento do Auxílio Brasil ainda em 2021, já que a legislação proíbe a criação de novos benefícios em ano eleitoral. A sugestão é incorporar mudanças dos senadores ao texto que a Câmara dos Deputados já aprovou em dois turnos e promulgar somente os trechos já avalizados pelas duas Casas.
O presidente de Câmara, Arthur Lira, disse em entrevista ao Valor PRO, o serviço de notícias em tempo real do Valor Econômico, não ver espaço para um amplo reajuste dos servidores públicos como anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
Nas últimas semanas, o temor de descontrole dos gastos do governo tem deixado o mercado financeiro preocupado. Essas duas notícias podem apaziguar um pouco os ânimos nesta sexta.

Desmatamento em alta

O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) divulgou na noite de quinta-feira (18) que a taxa de desmatamento na Amazônia Legal Brasileira (ALB) ficou em 13.235 quilômetros quadrados (km²) no período de 01 agosto de 2020 a 31 julho de 2021. O índice apurado pelo Prodes (Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite) representa um aumento de 21,97% em relação à taxa de desmatamento do período anterior. Esse é um tema sensível que coloca mais pressão sobre as exportações agrícolas brasileira. A União Europeia anunciou no começo da semana regras para proibir commodities de áreas desmatadas.

O copo meio cheio de Guedes

A valorização do dólar tem sido apontada como uma das principais influências para a persistência da inflação em um patamar elevado. Mas o ministro da Economia, Paulo Guedes, vê um lado positivo. Em evento promovido pela Secretaria de Política Econômica (SPE), Guedes afirmou que a taxa de câmbio está convidativa para investimentos estrangeiros. “Quem entrar agora [para investir no Brasil] tem uma margem adicional de ganho. Além do que vai ganhar no projeto em si, está entrando com um dólar favorável”, disse.


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 20h10
Deputados do PT apelam ao STF para barrar privatização da Eletrobras no TCU

Parlamentares do PT entraram com pedido de liminar no STF para suspender o julgamento da privatização da estatal

4 min
JOTA Atualizado em 17.maio.2022 às 18h52
Análise: Em campanha por ‘super bancadas’, centrão rejeita ataques de Bolsonaro às urnas

Lideranças temem prejuízo eleitoral, mas QG político associa estridência à cobrança por mudanças na Petrobras

4 min
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

1 min
Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 12h07
Setor de tecnologia faz ajustes nos EUA

Austeridade decorre da venda de ações por investidores aflitos pela taxa de juros e desaceleração

6 min
Manhã Inteligente Publicado em 17.maio.2022 às 11h57
Banco Central e Selic, abertura de capital, novela Musk e Twitter

Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre os principais assuntos que podem afetar seus investimentos nesta terça (17)