Atividade econômica cai 0,27% em setembro; dados apontam possível recessão

Banco Central divulga índice de atividade econômica que mostra segundo trimestre seguido de desaceleração

Calçadão no Rio de Janeiro (RJ) (Foto: Leo Martins / Agencia O Globo)

O Banco Central divulgou na manhã desta terça-feira (16) pós-feriado o seu IBC-Br (Índice de Atividade Econômica) referente a setembro. O índice caiu 0,27% em relação a agosto. O número veio levemente melhor do que a queda de 0,30% esperada por economistas.

No terceiro trimestre, a contração foi de 0,14% em relação ao trimestre anterior, que teve queda de 0,1%. Dois trimestres seguidos de redução na atividade econômica apontam para uma recessão técnica. Caso os dados do PIB (Produto Interno Bruto) calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) venham semelhantes, o Brasil entra em recessão técnica.

Na semana passada, dados decepcionantes sobre as vendas do varejo e o desempenho do setor de serviços, informados pelo IBGE, aumentaram o pessimismo de quem investe em relação às perspectivas para a economia do país. O setor de serviços encolheu 0,6% em setembro ante agosto (se esperava crescimento de 0,5%) e as vendas do varejo recuaram 1,3% nesse mesmo período.

Se existe algo de bom nessas notícias, é que a fraqueza da economia pode desencorajar o BC a aumentar muito a taxa básica de juros brasileira, a Selic, que agora está em 7,75% ao ano. E qual seria o tamanho desse muito?

O boletim Focus, sondagem semanal de expectativas dos analistas de mercado que o próprio banco divulgou também nesta terça, aponta uma manutenção na previsão para a Selic neste ano e no próximo, em 9,25% e 11%, respectivamente. Em 2023, se espera 7,75% contra 7,50% da semana passada.

A inflação, por outro lado, segue sendo revista. O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) esperado para 2021 subiu de 9,33% para 9,77%.

O PIB previsto deste ano foi reduzido de 4,93% para 4,88%. O do ano passado caiu de 1% para 0,93%.

Por que importa?

O boletim Focus dimensiona o tamanho da piora na economia que estamos enfrentando e qual deve ser o panorama em 2022. É importante se atentar à previsão de juros e de inflação para os próximos meses e anos para se planejar da melhor forma possível.

Como afeta seus investimentos?

Quando as previsões pioram muito, ativos de renda variável podem sofrer, enquanto alguns investimentos de renda fixa ficam mais atrativos.

Fique por dentro

Reajuste para policiais?

Durante seu giro pelo Oriente Médio, o presidente Jair Bolsonaro afirmou na segunda (15) que estuda usar a pseudo-folga orçamentária proporcionada pela PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos precatórios para dar um reajuste salarial a servidores públicos em 2022. Os principais beneficiados deverão ser os policiais, parte importante de sua base eleitoral.

Luz mais cara

A luz pode subir 21% no ano que vem. Segundo cálculos da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), este seria o reajuste necessário para equilibrar o impacto da atual crise hídrica nas tarifas. Esta é a pior estiagem dos últimos 91 anos, levando ao acionamento total do parque termelétrico nacional.

Preocupação com a inflação

Michael Burry, o gestor de investimentos que antecipou a crise de 2008 e foi interpretado por Christian Bale, em “A Grande Aposta”, disse estar preocupado com a inflação americana e com “subsídios governamentais sem fim”.

“Mais especulação do que na década de 1920. Mais sobrevalorização do que na década de 1990. Mais conflitos geopolíticos e econômicos do que na década de 1970. Os players estão agarrando o cano do rifle de Kyle Rittenhouse enquanto a SEC [Comissão de Valores Mobiliários dos EUA] e o Fed [Federal Reserve, o Banco Central americano] acenam com a cabeça, em aprovação”, tuitou Burry na sexta (12). Logo depois, o gestor apagou as postagens, como costuma fazer.

Covid-19

O Brasil tem média móvel de mortes por Covid-19 abaixo de 300 pelo 15º dia consecutivo, de acordo com dados do consórcio de imprensa divulgados na noite de segunda (15). A tendência é de estabilidade.

Para prestar atenção hoje

Até 10h: Ânima Educação, BR Partners, Sinqia divulgam seus balanços do terceiro trimestre de 2021.

10h30: EUA divulga vendas no varejo e produção industrial de outubro

Após 18h: Armac, Bahema, Boa Safra, Boa Vista, Clear Sale, CR2, Cruzeiro do Sul, Desktop, Dimed/Panvel, Dommo Energia, Eletrobras, Espaçolaser, Gafisa, HBR Realty, Hidrovias do Brasil, Iochpe Maxion, Jalles Machado, LPS Brasil, Méliuz, Mosaico, Oceanpact, Oncoclínicas, Viveo, WDC Networks/Livetech trazem seus resultados no trimestre passado.

Com edição de Denyse Godoy


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 20h10
Deputados do PT apelam ao STF para barrar privatização da Eletrobras no TCU

Parlamentares do PT entraram com pedido de liminar no STF para suspender o julgamento da privatização da estatal

JOTA Atualizado em 17.maio.2022 às 18h52
Análise: Em campanha por ‘super bancadas’, centrão rejeita ataques de Bolsonaro às urnas

Lideranças temem prejuízo eleitoral, mas QG político associa estridência à cobrança por mudanças na Petrobras

Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 12h07
Setor de tecnologia faz ajustes nos EUA

Austeridade decorre da venda de ações por investidores aflitos pela taxa de juros e desaceleração

Manhã Inteligente Publicado em 17.maio.2022 às 11h57
Banco Central e Selic, abertura de capital, novela Musk e Twitter

Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre os principais assuntos que podem afetar seus investimentos nesta terça (17)

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 11h22
Governo mexe na tabela do frete para conter insatisfação de caminhoneiros

Presidente editou medida provisória reduzindo de 10% para 5% o gatilho que permite revisão da tabela