IF HOJE: IBC-Br sobe 0,34% em fevereiro, abaixo da expectativa do mercado

O mercado esperava uma alta de 0,50%

Indústria em SP (Foto: Edilson Dantas/Agência O Globo)

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) subiu 0,34% em fevereiro na comparação dessazonalizada com janeiro. Considerado uma prévia informação do PIB, o dado foi divulgado nesta segunda-feira pela autoridade monetária. Em janeiro, o indicador teve queda de 0,73% (dado revisado de queda de 0,99%). Em relação a fevereiro do ano passado, houve alta de 0,66%. Em 12 meses, o IBC-Br avanço 4,82%. Já na média móvel trimestral, usada para captar tendências, o IBC-Br teve queda de 0,02% ante os três meses encerrados em janeiro.

Por que importa?

O IBC-Br sinaliza quais os impactos da inflação, da alta de juros e da guerra da Ucrânia na economia brasileira.

Como afeta seus investimentos?

O mercado esperava uma alta de 0,50% no mês. Com o índice pior do que esperado, sinalizando uma economia fraca, a tendência é de desvalorização dos ativos brasileiros.

Fique por dentro:

Servidores do BC vão retomar greve na terça-feira, diz sindicato

Os servidores do Banco Central aprovaram na sexta (29) a retomada da greve por tempo indeterminado a partir da próxima terça-feira (3). A categoria decidiu suspender a mobilização no último dia 19 e deu prazo até 2 de maio para que o governo fizesse uma proposta formal, o que, segundo o sindicato que representa os trabalhadores, não ocorreu. A greve foi suspensa após reunião com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, sob promessa de reajuste de 5% e implementação de dois itens da pauta não-salarial, que não foram detalhados pela entidade. Procurado, o BC afirmou que não comenta e não esclareceu se a rotina de publicações será afetada.

IPI: Governo publica decreto que amplia para 35% corte na alíquota do imposto

O presidente Jair Bolsonaro publicou nesta sexta-feira no Diário Oficial da União (DOU) decreto que ampliou a redução geral da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de 25% para 35% para a “maioria dos produtos”. A medida começa a valer a partir de 1º de maio.

A medida tem um impacto de R$ 15,218 bilhões na arrecadação em 2022, de R$ 27,391 bilhões em 2023, e de R$ 29,328 bilhões em 2024. Conforme a Secretaria-Geral, por se tratar de tributo extrafiscal, de natureza regulatória, é dispensada a apresentação de medidas de compensação, como autorizado pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Para acompanhar hoje:

09h: IBC-Br de fevereiro
10h: boletim Focus
10h: PMI industrial do Brasil em abril
10h45: PMI industrial dos EUA em abril
11h: estatísticas fiscais do Brasil em fevereiro
11h30: PMI industrial do México em abril
15h: balança comercial do Brasil em abril
17h: receita tributária da Argentina

Balanços de: Lojas Quero-Quero (LJQQ3); Neogrid (NGRD3); PetroRio (PRIO3); Movida (MOVI3); Localiza (RENT3); Intelbras (INTB3); Grupo SBF (SBFG3); Marcopolo (POMO3; POMO4); e Pague Menos (PGMN3).

(Com Valor Econômico)


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 07h26
Freio na economia chinesa deve fazer Brasil crescer menos

Analistas projetam expansão menor em 2023 e inflação global maior, também devido à guerra na Ucrânia e à alta de juros nos EUA

4 min
Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 12h23
Sondagem da XP vê inflação no fim de 2022 maior do que projeção do último Focus

Divulgação do relatório do Banco Central está paralisada por causa da greve dos servidores

2 min
Manhã Inteligente Publicado em 13.maio.2022 às 11h41
Fuga dos estrangeiros na B3, queda das criptomoedas, previsão do PIB

O Manhã Inteligente desta sexta (13), fala sobre a debandada de investidores estrangeiros da B3, a melhora na projeção do PIB e a queda generalizada das criptomoedas

Redação IF Publicado em 09.maio.2022 às 11h18
Bradesco eleva PIB para 1,5% e inflação para 7,5% em 2022

Banco vê uma recuperação do setor de serviços e do mercado de trabalho além das expectativas de início de ano

3 min