IF HOJE: Inflação deve fechar 2021 acima de 10%, estimam economistas no boletim Focus

Depois da segunda prévia do IGP-M e do Monitor do PIB apontarem uma inflação resiliente e risco de recessão técnica, economistas calibram suas previsões

A média da métrica P/L das empresas do Ibovespa está no menor patamar desde a crise de 2008 (Foto: Pixabay)

Depois de a segunda prévia do IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) e de o Monitor do PIB (Produto Interno Bruto) apontarem uma inflação resiliente e risco de recessão técnica na semana passada, os economistas calibraram suas previsões para o final deste ano e para 2022 no boletim Focus desta segunda-feira (22). Calibraram para pior.

A mediana das projeções para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) subiu pela 33a. semana consecutiva, para 10,12%. Há quatro semanas estava em 8,96%, mas a sensação dos especialistas é de que os preços saíram de controle.

A projeção para o PIB (Produto Interno Bruto) foi cortada pela 6a. semana seguida, para 4,8%. Para o câmbio e para os juros, ficaram estaáveis em R$ 5,50 e 9,25% ao ano, respectivamente.

Foto: Reprodução/Banco Central

Por que importa?

A piora dos indicadores de inflação e de atividade econômica em 2021 sinalizam um 2022 pior, com alta de preços e de juros e recuo da economia. A recuperação pós-pandemia está mais lenta do que o esperado.

Como afeta seus investimentos?

Com a deterioração do cenário, a Bolsa de Valores e o real tendem a se desvalorizar, pois quem investe passa a procurar ativos mais seguros. A alta dos juros deixa a renda fixa pós-fixada atrativa.

Fique por dentro

Prévias do PSDB

As esperadas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República em 2022 acabou sem resultado. O app para votação à distância não funcionou direto, e o pleito foi suspenso. O partido, rachado, discute agora quando será retomada.

Inflação duradoura

Segundo o presidente do Banco Central brasileiro, Roberto Campos Neto, a hipótese de que o atual salto na inflação seria temporário está “cada vez mais obsoleta”.

Em evento na última sexta (19), Campos Neto disse que o aumento de preços é fruto do rápido deslocamento de demanda, dado os programas de auxílio emergencial a famílias, sem um aumento dos investimentos, como em metais e em energia.

Ele também disse que as expectativas de inflação para 2022 “estão saindo um pouco da meta e acelerando esse movimento de piora”. As metas de inflação do BC para 2022 e 2023 são 3,5% e 3,25%, respectivamente, com tolerância de 1,5 ponto percentual.

De outubro de 2020 ao mês passado, o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) acumulou alta de 10,67%.

Para conter o aumento de preços, o BC tem elevado a Selic, hoje a 7,75% ao ano. Campos Neto afirmou ser apropriado que o ciclo de aperto monetário avance ainda mais no território contracionista. Segundo ele, o país precisa “fazer o serviço de casa dobrado” por causa do ciclo de elevações de juros no exterior. “O desafio para o Brasil vai ser maior”, disse Campos Neto. Ele também afirmou esperar uma “redução de fluxos” para o país.

Quanto à manobra fiscal envolvendo a PEC dos Precatórios, Campos Neto vê a reação do mercado financeiro como exagerada. “Em termos de desorganização de preços de mercado, se pagou preço muito caro para um desvio que não foi tão grande.”

Contas digitais

Abrir uma conta digital pode ficar mais difícil. Segundo Campos Neto, o Banco Central estuda endurecer as regras para aberturas de contas via aplicativos, para evitar contas laranjas, utilizadas por criminosos.

Dividendos da Petrobras

A Petrobras informou que pagará R$ 2,1951 de dividendo por ação ordinária e preferencial em dezembro. A remuneração via JCP (juros sobre capital próprio) será de R$ 1,0553 por papel. Investidores que tiverem o papel em mãos em 1º de dezembro terão direito à remuneração. Os valores serão pagos no próximo dia 15.

Covid-19 na Europa

A mais nova onda de coronavírus na Europa tem provocado alta nas hospitalizações e novos lockdowns. A partir desta segunda, toda a população da Áustria ficará confinada. O governo também tornou a vacinação obrigatória, algo inédito na Europa. O país tem cerca de dois terços da sua população imunizada.

A Alemanha, maior economia da região, impôs restrições apenas aos não se vacinados e passou a ofertar a terceira dose a todos acima de 18 anos.

Restrições também foram recentemente impostas na Bélgica, Irlanda, Suécia, Dinamarca, Grécia, Eslováquia e República Tcheca. Já a Inglaterra, também com casos em alta, está relutante em impor medidas restritivas.

Para acompanhar hoje

14h30: a Receita Federal divulga a arrecadação de outubro. Esta também é uma medida do ritmo da atividade econômica, embora tenha sido, nos últimos meses, bastante distorcida pela inflação.

Com reportagem de Denyse Godoy


Você também pode gostar

Redação IF

Publicado em 07.dez.2021 às 19h16

Dólar fecha em queda de 1,27%, com otimismo sobre variante ômicron

No fim do dia, a moeda americana foi negociada em baixa de 1,27%, R$ 5,6178

Leonardo Guimarães

Atualizado em 07.dez.2021 às 19h52

O que não fazer com seus investimentos em 2022

Elaboramos dicas essenciais para 2022, que será um ano desafiador e vai exigir preparo dos investidores

Júlia Moura

Atualizado em 07.dez.2021 às 15h46

Ibovespa segue em alta, impulsionando ações de petrolíferas, mineradoras e siderúrgicas

Recuperação dos preços de minério de ferro, que subiram mais de 8% na China, impulsionam ações de mineradoras e siderúrgicas

Valor Econômico

Atualizado em 07.dez.2021 às 10h48

Ibovespa respira e já acumula alta de 6% em três pregões

Melhora do apetite por risco nos mercados globais favoreceu índice

Valor Econômico

Publicado em 07.dez.2021 às 08h09

Novo foco do Banco Central, expectativas para 2023 voltam a subir

Até a reunião de outubro, o BC vinha calibrando o ritmo de alta de juros para trazer a inflação para o centro da meta ainda em 2022