Reserva de ações da Eletrobras com FGTS teve corrida contra o tempo e instabilidade

Prazo terminou às 12h desta quarta-feira

— Foto: Getty Images

Na reta final para a reserva das ações da Eletrobras com uso do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), que terminou às 12h desta quarta-feira (8), bancos e corretoras apresentaram instabilidade pela manhã, dificultando a operação por parte dos clientes que deixaram para fazer a reserva perto do prazo final. Também há relatos de dificuldades para concluir a reserva nesta terça, véspera do encerramento do prazo.

Relatos são de falhas nos aplicativos e sites de ao menos três instituições: Santander, Rico Investimentos e XP Investimentos. Houve ainda relato de instabilidade no aplicativo FGTS, da Caixa Econômica Federal, cuja mensagem, logo pela manhã, pedia para que o usuário esperasse alguns minutos e tentasse fazer a operação mais tarde.

Os investidores interessados em ações da Eletrobras tiveram até as 12h desta quarta para reservar parte do FGTS por meio de FMP (Fundo Mútuo de Privatização) administrado por banco ou corretora. A lista incluía, além da Caixa, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Bradesco, BTG Pactual, Daycoval, Genial, Itaú, Safra, Santander e XP.

Em nota, o Santander informou ter registrado casos pontuais de reclamações de clientes que não estavam conseguindo realizar a operação. A falha, segundo o banco, seria em virtude da “alta demanda de reservas para o Fundo Mútuo de Privatização da Eletrobras”.

O banco disse que, para atender seus correntistas, “ofereceu alternativas de formalização da reserva por internet banking, central de atendimento, agências e assessoria de investimento”. As opções foram comunicadas por email, notificações, redes sociais e alertas nos próprios aplicativos dos bancos.

O motivo da instabilidade pode estar ligado à alta demanda pelo investimento. Segundo operadores de mercado, a procura pelas ações superou de três a quatro vezes o tamanho total da oferta, cuja estimativa é movimentar até R$ 35 bilhões, consideradas a oferta primária de 627,6 milhões de ações e mais um lote adicional de 104,6 milhões de ações.

Para investir o FGTS nos papéis, o interessado deveria seguir alguns passos. O primeiro deles era liberar o acesso a bancos e corretoras ao saldo e movimentação do FGTS no app do Fundo de Garantia. Também no aplicativo, era necessário informar qual a instituição escolhida para investir no FMP-FGTS Eletrobras.

No entanto, para concluir a reserva de ações, o investidor deveria abrir conta em um banco ou corretora habilitado para a operação. A abertura da conta deveria ter ocorrido também até as 12h desta quarta. Houve banco que chegou a zerar a taxa.

Rateio

Ações utilizando FGTS deverão ser rateadas Os trabalhadores com saldo no FGTS poderiam investir valor mínimo de R$ 200 para reserva de papéis da Eletrobras por meio de um banco ou corretora FMP (Fundo Mútuo de Privatização) até o limite de 50% do saldo no fundo.

O valor efetivamente aplicado, porém, dependerá da procura pelas ações. Se o montante ultrapassar R$ 6 bilhões, haverá rateio. A alta procura nesta quarta, porém, indica que haverá rateio. Neste caso, há regras e limites. Os resultados finais devem ser conhecidos apenas amanhã, quando também será divulgado o preço das ações.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 10h21
Criptomoedas iniciam julho no vermelho com bitcoin abaixo de US$ 20 mil

Bitcoin teve sua pior perda trimestral em mais de uma década