FGV: confiança da construção cai em outubro após cinco meses de alta

O Índice de Confiança da Construção (ICST) caiu 0,3 ponto em outubro, informou nesta terça-feira (26) a Fundação Getulio Vargas

(Foto: Edilson Dantas/O Globo)

Pontos-chave

  • A queda do indicador foi puxada pela piora na confiança do empresário brasileiro da construção no presente
  • Segundo a FGV, desde o segundo semestre do ano passado, o custo dos materiais ganhou destaque entre os fatores limitativos para a melhora dos negócios das empresas

O Índice de Confiança da Construção (ICST), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 0,3 ponto de setembro para outubro deste ano. Com o resultado, o indicador passou para 96,1 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, e interrompeu cinco meses consecutivos de alta.

A queda do indicador foi puxada pela piora no Índice da Situação Atual, que mede a confiança do empresário brasileiro da construção no presente. O subíndice caiu 0,7 ponto e chegou a 92 pontos, principalmente devido à avaliação sobre a situação atual dos negócios.

O Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, variou 0,1 ponto e atingiu 100,3 pontos, mostrando acomodação, segundo a FGV. O Nível de Utilização da Capacidade da Construção aumentou 0,6 ponto percentual, para 75,6%.

Segundo a FGV, desde o segundo semestre do ano passado, o custo dos materiais ganhou destaque entre os fatores limitativos para a melhora dos negócios das empresas. A escassez de mão de obra qualificada, no entanto, também começa a ganhar destaque como um limitador.

Com Agência Brasil


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 17.maio.2022 às 20h10
Deputados do PT apelam ao STF para barrar privatização da Eletrobras no TCU

Parlamentares do PT entraram com pedido de liminar no STF para suspender o julgamento da privatização da estatal

JOTA Atualizado em 17.maio.2022 às 18h52
Análise: Em campanha por ‘super bancadas’, centrão rejeita ataques de Bolsonaro às urnas

Lideranças temem prejuízo eleitoral, mas QG político associa estridência à cobrança por mudanças na Petrobras

Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 12h07
Setor de tecnologia faz ajustes nos EUA

Austeridade decorre da venda de ações por investidores aflitos pela taxa de juros e desaceleração

Manhã Inteligente Publicado em 17.maio.2022 às 11h57
Banco Central e Selic, abertura de capital, novela Musk e Twitter

Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre os principais assuntos que podem afetar seus investimentos nesta terça (17)

Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 11h22
Governo mexe na tabela do frete para conter insatisfação de caminhoneiros

Presidente editou medida provisória reduzindo de 10% para 5% o gatilho que permite revisão da tabela