Dólar ganha força, mas encerra semana com queda acumulada de 0,27%

No início da semana, o movimento foi influenciado por declarações do presidente do Banco Central sobre a inflação; nos dias seguintes, o foco se deslocou para o exterior

cropped-Dolar-americano-scaled-1.jpg

Na semana encurtada pelo feriado de Páscoa, o dólar enfrentou sessões voláteis e termina a semana valendo RS 4,6968, com queda acumulada de 0,27%. No início da semana, o driver do movimento foi doméstico, com declarações do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, sobre a inflação. Nos dias seguintes, o foco se deslocou para o exterior, com destaque para indicadores econômicos dos Estados Unidos, além da decisão do Banco Central Europeu (BCE) sobre política monetária.

A preocupação com o aumento de preço parece ser o denominador comum dos banqueiros centrais e tem influenciado o sobe e desce do dólar. Na segunda-feira (11), Campos Neto disse que que o BC está “analisando essas surpresas” que vieram na leitura da inflação medida pelo IPCA em março.

A inflação continuou como foco do movimento do câmbio na terça-feira (12), quando a CPI, índice de mede os preços ao consumidor dos EUA, avançou 8,5% em março na comparação com igual mês de 2021, no maior patamar desde dezembro de 1981. O resultado superou o consenso de analistas consultados pelo “Wall Street Journal”, de taxa de 8,4%.

Na Europa, o Banco Central Europeu (BCE) manteve as taxas referenciais de juros da zona do euro, mas com sinais de mudanças no próximo encontro, justamente para conter a inflação.

Analistas apontam para um fortalecimento do dólar em escala global por conta dos movimentos sinalizados pelo Federal Reserve (Fed, o BC americano), de ações mais “agressivas”, o que deve afastar investidores de mercados emergentes, desvalorizando moedas como o real.

Para a semana seguinte, permanecem no radar a guerra na Ucrânia e o avanço da covid-19 na China, que pode aumentar as preocupações sobre os caminhos da inflação global, tendo em vista o impacto econômico dos lockdowns.


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 11h20
Dólar inverte sinal e passa a cair abaixo de R$ 4,80

Moeda americana era negociada a R$ 4,78 na mínima do dia

2 min
Isabella Carvalho Publicado em 23.maio.2022 às 08h33
Blockchain verde ainda tem muitos desafios no Brasil e no mundo

Custos altos travam o desenvolvimento de fazendas sustentáveis

3 min
Redação IF Atualizado em 20.maio.2022 às 17h58
Dólar tem queda de 0,89% com corte de juros na China e acumula baixa de 3,64% na semana

O real seguiu o movimento das moedas de países emergentes nesta sexta (20)

1 min
Redação IF Atualizado em 19.maio.2022 às 16h01
Dólar comercial renova mínima com fraqueza da moeda no exterior

O movimento reflete o enfraquecimento da moeda americana frente outras divisas emergentes

2 min
Redação IF Publicado em 17.maio.2022 às 17h32
Dólar fecha em queda de 2,14%, a R$ 4,9419, com exterior positivo

A redução das medidas de restrição na China favoreceu a das commodities e beneficiou moedas de países exportadores

1 min