Bitcoin volta a cair de olho em Fed e pode atingir patamares ainda mais baixos

Eduardo Andrade, do MB, avalia que os próximos dias são cruciais, pois, se perder a última mínima, o bitcoin pode cair até US$ 12 mil

(Foto: Art Rachen/Unsplash)

O bitcoin voltou a apresentar queda nesta quarta-feira (22) depois de uma recuperação que vinha desde domingo nos preços da criptomoeda. A baixa de hoje ocorre em um dia de pouca movimentação nos índices acionários de Wall Street, apesar do discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, mais cedo.

Perto das 17h10 (horário de Brasília) o bitcoin caía 3,8%, a US$ 20.111, e o ether, moeda digital da rede ethereum, registrava desvalorização de 4,6%, a US$ 1.069, conforme dados da Coingecko. Em reais, o bitcoin recuava 0,87%, a R$ 104.688, e o ethereum tinha perdas de 2,12%, a R$ 5.586, de acordo com números fornecidos pelo MB.

Questionado pelo presidente do comitê bancário do Senado dos Estados Unidos, Jerome Powell disse que a economia americana está forte e que os riscos de recessão não são grandes, mas existem. “Ninguém é muito bom em prever recessões com antecedência”, declarou. O chairman do Fed afirmou ainda que reduzir a inflação para a meta de 2% ao ano mantendo o mercado de trabalho aquecido será desafiador.

Em outro momento, Powell comentou que o banco central dos EUA precisa acelerar a alta de juros devido ao aumento recente da inflação, mas que o Fed só pode atacar o problema lado da demanda, enquanto as restrições de oferta, que afetam principalmente os preços de petróleo e alimentos, continuarão.

Nas bolsas dos EUA, o índice Dow Jones teve leve baixa de 0,15%, a 30.483 pontos, o S&P 500 teve queda de 0,13%, a 3.759 pontos, e o Nasdaq, focado em empresas de tecnologia, recuou 0,15%, a 11.053 pontos.

Eduardo Andrade, analista de negócios do MB, avalia que os próximos dias são cruciais, pois, se perder a última mínima, o bitcoin pode cair até US$ 15 mil ou a patamares ainda mais baixos como US$ 12 mil. Por outro lado, se conseguir se manter no nível atual teria boas chances de subir até testar a região dos US$ 25 mil. “Esse é um momento ruim para o mercado de criptomoedas, que sofreu um volume alto de prejuízo nos últimos dias, trazendo mais receio, mas também novas oportunidades de montar posição”, destaca.

No noticiário específico, a crise do fundo Three Arrows Capital já atingiu as ações da Voyager Digital, companhia que informou o mercado da possibilidade de emitir um aviso de default para o fundo por não pagamento de um empréstimo.

Além disso, hoje a Nyse ganhou seu primeiro fundo negociado em bolsa (ETF, na sigla em inglês) vendido em futuros de bitcoin. Ou seja, é um instrumento criado para especuladores que apostam em uma queda nos preços da criptomoeda. “Com esse lançamento, o ProShares se torna o único fundo americano a oferecer aos investidores a possibilidade de negociar bitcoin em ambas direções, tanto na baixa quanto na alta do ativo”, aponta Andrade.

Outro ponto de destaque são as stablecoins. Enquanto a Tether, que possui lastro em dólar, mas tem uma auditoria menos transparente, perdeu 19% em valor de mercado desde o início de maio, a USD Coin, também lastreada em dólar, porém mais transparente, teve um aumento de 5% em sua capitalização.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
José Eduardo Costa Atualizado em 30.jun.2022 às 18h59
Bitcoin registra sua pior perda trimestral em mais de uma década

No final da tarde desta quinta-feira o bitcoin registrava baixa de 58% de seu valor no segundo trimestre de 2022, a pior queda trimestral em mais de uma década

Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 07h27
Bitcoin segue acima de US$ 20 mil com atenção a liquidação de fundo e ataques a Tether

O valor de mercado somado de todas as criptomoedas ficava em US$ 935 bilhões

Leonardo Guimarães Publicado em 28.jun.2022 às 07h15
Já é possível investir em jogadores via tokens lastreados

Você pode ganhar dinheiro nas negociações com o meia Phillippe Coutinho; mas há riscos. Conheça o novo ativo digital

Redação IF Atualizado em 27.jun.2022 às 10h27
Criptomoedas retomam patamar de US$ 1 trilhão com ganhos do ether e bitcoin

Aversão ao risco devido ao temor de inflação global e juros em alta arrefeceu um pouco

Redação IF Publicado em 24.jun.2022 às 14h46
Ataque hacker leva US$ 100 milhões em criptomoedas

Furto aconteceu na Horizon, ponte blockchain de finanças descentralizadas