BC encaminha proposta de reajuste de 22% para servidores a partir de junho

Categoria está em greve; o pedido de medida provisória foi encaminhado por meio do Sistema de Geração e Tramitação de Documentos Oficiais do Governo Federal

Fachada do Banco Central do Brasil (Foto: Jorge William/Agência O Globo)

O Banco Central (BC) encaminhou nesta quinta-feira (12) ao governo uma proposta de medida provisória (MP) que prevê reajuste de 22% para servidores da autarquia a partir de junho de 2022, além de reestruturação de carreira e criação de retribuição por produtividade institucional e de taxa de supervisão.

De acordo com informativo enviado por email pela diretoria de administração da autoridade monetária, ao qual o Valor teve acesso, o pedido foi encaminhado por meio do Sistema de Geração e Tramitação de Documentos Oficiais do Governo Federal (Sidof) “para o fortalecimento institucional do BC”.

Os servidores do BC estão em greve pela segunda vez neste ano desde o último dia 3. Eles pedem reestruturação de carreira e reajuste de 27% a partir de julho. O movimento tem atrasado uma série de divulgações da autarquia.


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 23.maio.2022 às 13h41
Doria desiste de ser candidato a presidente

'Entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB', disse ex-governador paulista, em anúncio feito nesta segunda-feira

Manhã Inteligente Publicado em 23.maio.2022 às 11h02
Dados da inflação, Fórum Econômico Mundial, preços dos combustíveis

Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre esses e outros assuntos que podem afetar seus investimentos

Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 10h47
Varíola do macaco: avanço da doença impulsiona ações de farmacêuticas

Presidente dos EUA, Joe Biden, alertou que todos precisam ficar atentos com a alta nos casos ao redor do mundo

Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 09h16
Macy’s pode oferecer pistas sobre força dos gastos do consumidor nos EUA

Investidores monitoram pistas sobre o comportamento da inflação no país