Ação do Nubank cai firme e opera perto das mínimas históricas

As ações do Nubank, que vinham oscilando perto da estabilidade, se firmaram em queda nesta sexta-feira (29)

Sede do Nubank, em São Paulo (Foto: Divulgação)

As ações do Nubank, que vinham oscilando perto da estabilidade, se firmaram em queda nesta sexta-feira (29) e operam perto das suas mínimas históricas. Por volta das 16h10, o papel recuava 2,84%, a US$ 5,99. Seu menor nível de fechamento foi US$ 5,93, em 14 de março.

Desde o IPO, em 8 de dezembro, quando foi precificado a US$ 9, o Nubank acumula queda de 33,44%.

Nos últimos dias o Nubank se viu envolto em torno de uma polêmica sobre a remuneração da sua diretoria. A de que os oito diretores do banco podem receber uma remuneração fixa e variável de até R$ 804 milhões neste ano chamou a atenção do mercado.

Esta semana, o Itaú BBA manteve sua recomendação de “venda” para o Nubank, reduzindo o preço-alvo para US$ 6,60, de US$ 7,00. Os analistas, liderados por Pedro Leduc, admitem que se sentiram tentados a alterar a recomendação após a derrocada do papel e a valorização do real, mas decidiram esperar para ver como será o resultado do primeiro trimestre. Eles preveem prejuízo ajustado de R$ 193 milhões no período.

“A incerteza sobre a qualidade do crédito só está aumentando, enquanto os custos de funding estão pressionando a margem. Nossa visão se baseia em desafios cíclicos e estruturais para justificar valuations altos. A alta cíclica da inadimplência já foi parcialmente precificada, mas está apenas começando a aparecer. Dados marginais sugerem que ela pode ser mais rápida e mais forte do que anteriormente esperado”, diz o relatório.

Já o UBS BB manteve sua recomendação de “compra”, com preço-alvo de US$ 11,50. Ainda assim, os analistas apontam que o Nubank tem uma taxa de inadimplência inferior à média da indústria, mesmo atuando com clientes de faixa de renda menor, o que sugere que o banco tem padrões de concessão de crédito melhores que os rivais. “Observe que os clientes de baixa renda do Nubank incluem indivíduos mais jovens, e sua renda deve aumentar no futuro”, apontam.

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Valor Econômico Publicado em 17.maio.2022 às 07h47
Maior parte das ações na Bolsa acumula queda desde início de 2021

Das 100 ações do IBrX, 64 têm perda no período

6 min
Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 20h04
3 min
Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 19h58
Twitter tem sétimo dia de queda e recua 8,2% em NY em meio a incertezas de aquisição

Elon Musk disse que as negociações estão suspensas até ter mais dados sobre a atuação de contas falsas na plataforma

1 min
Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 15h25
Ações da Infracommerce têm forte queda após notícia de demissões na empresa

Os desligamentos teriam ocorrido por conta de 'mudanças no orçamento'

1 min
Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 15h16
Estrangeiros já sacaram R$ 12,6 bilhões da Bolsa em maio

Movimento positivo no ano diminuiu para R$ 45,03 bilhões

1 min