Dólar sobe 2,56% e passa os R$ 5,10 com aversão global ao risco

Investidores buscam ativos mais seguros diante de perspectiva de aumento de juros nos EUA

(Foto: Celyn Kang/Unsplash)

O dólar teve forte alta nesta segunda-feira (13), refletindo o clima de cautela que domina os mercados globais, com investidores apostando cada vez mais que o Fed (Federal Reserve, o banco central americano) será obrigado a adotar uma postura mais agressiva, freando a economia americana e global, diante dos dados recentes de inflação.

A moeda americana terminou o dia vendida a R$ 5,1146, com valorização de 2,56%.

Ante outras moedas emergentes, o movimento do dólar é similar ao visto na comparação com o real. O dólar subiu 2,19% ante o peso mexicano; 1,28% contra o rand sul-africano; e 1,72% contra o peso chileno. O índice DXY, que mede o desempenho do dólar contra uma cesta de seis principais moedas globais, avançou 0,78%, aos 104,96 pontos.

Os contratos futuros dos Fed Funds – usados pelos investidores para avaliar as apostas nos mercados financeiros sobre a política monetária americana – passaram a indicar uma probabilidade majoritária de que o Fed eleve a sua taxa de juros de referência em 0,75 ponto na reunião de julho, após a divulgação de dados de inflação mais fortes do que o esperado na semana passada.

Além do Fed, investidores também ficam na expectativa pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central brasileiro, que também divulga decisão nesta semana.

 

Com conteúdo VALOR PRO, o serviço de informação em tempo real do Valor Econômico


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h54
Ibovespa cai 11,50% em junho no pior mês para o mercado local desde março de 2020

Índice perde 5,99% no primeiro semestre; destaque no pregão de hoje, Fleury disparou 16,1% após assinar acordo de fusão com Pardini, que subiu 18,99%

Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 17h20
Dólar fecha em alta nesta quinta e avança 10% em junho

Com o resultado desta quinta, o dólar acumulou alta de 10,13% em junho. No ano, ainda tem desvalorização de 6,14% frente ao real

Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 15h17
Dólar apaga ganhos e fica abaixo dos R$ 5,20

Moeda americana chegou a R$ 5,27 na máxima do dia

Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 08h34
Bolsas da Europa têm forte queda diante do aumento da perspectiva de recessão

Pessimismo também contribuiu para derrubar os mercados asiáticos

Redação IF Publicado em 29.jun.2022 às 17h37
Dólar comercial fecha em queda de 1,38%, R$ 5,1922, em dia de ajustes

O real teve a segunda maior valorização ante o dólar entre as 33 principais divisas globais