Datafolha: Lula tem 47% no primeiro turno, contra 28% de Bolsonaro

A pesquisa ouviu 2.556 pessoas nos dias 22 e 23 de junho em 181 cidades brasileiras; margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos

(Foto: Flávio Ilha)

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta quinta-feira (23) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” revela os índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2022.

Foram apresentados aos eleitores como pré-candidatos: Lula (PT), Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT), André Janones (Avante), Simone Tebet (MDB), Luciano Bivar (União Brasil), Felipe D’Ávila (Novo), Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), General Santos Cruz (Podemos), Leonardo Péricles (UP), Sofia Manzano (PCB) e Vera Lúcia (PSTU).

Pesquisa estimulada de intenções de voto no 1º turno

  • Lula (PT): 47% (48% na pesquisa anterior)
  • Jair Bolsonaro (PL): 28% (27% na pesquisa anterior)
  • Ciro Gomes (PDT): 8% (7% na pesquisa anterior)
  • André Janones (Avante): 2 % (2% na pesquisa anterior)
  • Simone Tebet (MDB): 1% (2% na pesquisa anterior)
  • Pablo Marçal (Pros): 1% (1% na pesquisa anterior)
  • Vera Lúcia (PSTU): 1% (1% na pesquisa anterior)
  • Em branco/nulo/nenhum: 7% (7% na pesquisa anterior)
  • Não sabe: 4% (4% na pesquisa anterior)

Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram.

A pesquisa ouviu 2.556 pessoas nos dias 22 e 23 de junho em 181 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

(Com conteúdo do g1)


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 17h45
Juros futuros fecham em queda, em linha com taxas dos títulos públicos globais

Medo de recessão nos EUA pesou mais do que riscos fiscais no Brasil

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

JOTA Publicado em 01.jul.2022 às 16h58
Semana política: PEC “vale-tudo” une governo e oposição por votos

Enquanto isso, em campanha, Lula acena a empresários e ao mercado, diz Fábio Zambeli, do JOTA

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h08
Efeito bumerangue: entenda como quem tem menos grana vai pagar, no futuro, a conta da ‘PEC Eleitoral’

Aumento de gastos tende a pressionar a inflação e prejudicam, principalmente, as pessoas de menor poder aquisitivo

Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 11h39
Análise: PEC dos Combustíveis dificulta o trabalho do Banco Central para baixar a inflação

O assunto novo levantado pelo Copom em junho é o risco de as medidas colocarem o pé no acelerador da economia, num momento em que a política monetária pisa no freio

JOTA Publicado em 01.jul.2022 às 11h35
Análise: De olho no voto útil, Lula retoma pontes com empresários e empodera “guru” econômico

Ex-presidente, antes refratário a assumir compromissos na campanha, antecipa série de conversas com o PIB, diz Fábio Zambeli, do JOTA

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições