Dividendos: as ações que mais pagaram proventos neste ano

Levantamento traz as companhias que mais distribuíram lucro em 2 meses

A busca por ações que pagam bons dividendos faz parte da estratégia de diversos investidores. Os proventos pagos pelas empresas são bons meios de renda passiva e atraem pessoas para o investimento em ações.

Por isso, descobrir as empresas que são assíduas pagadoras de dividendos e quais estão apresentando maior frequência e maiores valores é uma das formas de analisar e avaliar as opções.

O que é dividend yield?

Para isso, muitas vezes é avaliado o dividend yield (DY) das empresas, ou seja, o indicador que mostra a performance do ativo de acordo com a quantidade de dividendos que ele paga.

Portanto, a taxa é calculada dividindo o valor de dividendos pagos em determinado período pelo preço individual da ação antes dessa distribuição.

Depois, multiplica-se o resultado obtido por 100.

Quais empresas distribuem dividendos?

No Brasil, todas as empresas listadas na B3 que registram lucro – informação divulgada no balanço – têm obrigação de distribuir, no mínimo, 25% desse valor aos seus acionistas.

Por outro lado, a fatia pode até ser maior, se a empresa decidir. Por isso, vale checar no estatuto social da companhia qual a política adotada.

Desta forma, o pagamento pode ser mensal, semestral ou anualmente. Mas, caso a empresa não tenha registrado lucro no período, fica suspenso.

Quais foram as melhores pagadoras de dividendos em 2023?

Um levantamento exclusivo do TradeMap feito a pedido do B3 Bora Investir, traz os ativos que tiveram maiores DY em 2023 até 28 de fevereiro.

Como critério foram selecionados os papéis que tiveram mais de R$ 5 milhões em Volume Médio Diário no período.

Ações que mais pagaram dividendos em 2023 com base no DY:

EmpresaClasseCódigoDividend Yield em 2023 até 28/Fev (%)Dividendos e JCPs informados (valor por ação)Volume Médio Diário (milhões de R$)
Log Com PropONLOGG35.690.927,431
BB SeguridadeONBBSE35.551.87215,865
Energias BRONENBR35.531.1569,000
SaneparPNSAPR45.490.197,475
SaneparUNT N2SAPR115.450.1916,216
BradescoONBBDC34.190.56108,012
BradescoPNBBDC44.100.62937,376
TaesaUNT N2TAEE113.850.4586,646
TaesaPNTAEE43.820.456,014
Metal LeveONLEVE32.790.846,863
Telefônica BrasilONVIVT32.761.03105,868
Banco do BrasilONBBAS32.370.82671,853
Abc BrasilPNABCB41.920.3718,430
JHSF PartONJHSF31.910.1013,035
NeoenergiaONNEOE31.640.2518,894
Cury S/AONCURY31.630.2116,910
Santander BRUNTSANB111.620.2365,964
Klabin S/AUNT N2KLBN111.570.06128,371
Klabin S/APNKLBN41.560.0615,698
3tentosONTTEN31.240.1214,232
ModalmaisONMODL30.990.028,539
RomiONROMI30.930.1413,697
CamilONCAML30.860.0712,694
TupyONTUPY30.840.2315,000
UltraparONUGPA30.790.1089,374
B3ONB3SA30.770.10498,099
TotvsONTOTS30.770.21124,281
BTG PactualUNTBPAC110.620.05354,185
WegONWEGE30.590.23269,136
Itaú UnibancoONITUB30.160.0414,478
Itaú UnibancoPNITUB40.140.04889,113
fonte: TradeMap

Então, como visto na tabela acima, a Log Commercial Properties (LOGG3) inicia o ano de 2023 com o maior dividend yield entre as empresas listadas na bolsa de valores brasileira.

Na sequência, completando o pódio dos DYs mais altos nos dois primeiros meses do ano vem BB Seguridade (BBSE3) e a EDP Brasil (ENBR3).

Se olharmos para o valor recebido por ação, a do BB Seguridade assume o destaque com valor de R$ 1,87 recebido pelo investidor por ação. Neste critério, EDP Brasil também se coloca no top 3, porém com Telefônica Brasil (VIVT3) entrando nos três primeiros do ranking.

Qual foi a maior pagadora de dividendos em 2022?

Grande destaque de 2022 no pagamento de proventos, a Petrobras (PETR3, PETR4) segue no centro das discussões sobre o tema, com possíveis mudanças na política de dividendos da estatal.

O atual presidente da empresa, Jean Paul Prates, defendeu uma maior flexibilização na distribuição dos lucros. O objetivo, segundo Prates, é usar parte dos recursos para investimentos em um plano de negócios que será apresentado na Assembleia dos acionistas no fim de abril.

No dia 1 de março, o Conselho de Administração da Petrobras – com voto favorável de Prates – anunciou o pagamento de R$ 35,8 bilhões em remuneração aos acionistas referente ao 4º trimestre de 2022.

Com o valor, o montante pago pela companhia no ano passado sobe para R$ 215,7 bilhões. Essa cifra corresponde a 114% do lucro líquido e a 105% do fluxo de caixa livre da estatal.

Leia a seguir

Leia a seguir