Ações de tecnologia apresentam desempenho mais fraco no início de 2024 

Mercados americanos fecharam praticamente todos em queda na última quinta-feira 

Os mercados americanos fecharam praticamente todos em queda na última quinta-feira (4). Grande destaque positivo em 2023, as ações de tecnologia apresentam desempenho mais fraco no início do ano. Isso ocorre à medida que a incerteza em torno de quando o Federal Reserve começará a cortar as taxas de juros americanas deixa os investidores preocupados com o fato de os mercados terem ficado excessivamente otimistas. 

O Nasdaq caiu 0,56%, fechando em 14.510,30. Desde o fechamento de 27 de dezembro, o índice já caiu quase 4%. O S&P 500 caiu 0,34%, marcando seu quarto dia de quedas, terminando em 4.688,68. Por fim, o Dow Jones foi a exceção, obtendo uma alta de 0,03%, para fechar em 37.440,34. 

O desempenho recente em Wall Street contrasta fortemente com a forma como o mercado terminou 2023. O S&P 500, por exemplo, terminou o ano com uma valorização de mais de 24%, enquanto desfrutava da sua melhor sequência de altas semanais desde 2004.

Confira abaixo os destaques da corretora Avenue:

Walgreens Boots Alliance (WBA) 

A farmacêutica caiu 5,1% depois de ter cortado o seu dividendo trimestral de 48 centavos por ação para 25 centavos por ação, num esforço para “fortalecer o seu balanço a longo prazo e a sua posição de caixa”. Ainda assim, a Walgreens divulgou lucros e receitas fiscais no primeiro trimestre que superaram as expectativas dos analistas. A companhia vale cerca de US$ 21 bilhões. 

Eli Lilly (LLY) 

As ações da farmacêutica encerraram quinta-feira com queda de 0,5%. A Eli Lilly lançou na quinta-feira um novo site chamado LillyDirect que dá às pessoas acesso a medicamentos para perda de peso por meio de provedores de telessaúde. A companhia vale cerca de US$ 583 bilhões. 

Mobileye (MBLY) 

As ações caíram 24,6% depois que a empresa de tecnologia de condução autônoma previu que sua receita no primeiro trimestre cairia 50% ao ano. A Mobileye disse que espera uma grande queda nos pedidos dos clientes devido ao excesso de estoque deles. A companhia vale cerca de US$ 32 bilhões. 

APA (APA) 

As ações do produtor de petróleo caíram 7,4% depois que a empresa concordou em comprar o produtor da Bacia Permiana Callon Petroleum, em uma transação de US$ 4,5 bilhões, incluindo compra das ações e incorporação das dívidas. Callon, que tinha valor de mercado de US$ 2,3 bilhões no fechamento de quarta-feira, viu as ações subirem quase 4%. 

Cal-Maine Foods (CALM) 

As ações da empresa de ovos subiram 2,6%, apesar da Cal-Maine relatar uma queda ano a ano nas receitas e no lucro líquido no segundo trimestre fiscal. Na quarta-feira, a empresa informou que seu volume de vendas de ovos aumentou, mas o preço médio de venda caiu cerca de US$ 1 por dúzia em comparação com o mesmo período do ano anterior. A companhia vale cerca de US$ 2,7 bilhões. 

Com informações da Avenue