Impactos das chuvas no RS para a 3tentos (TTEN3): o que esperar das ações da empresa?

80% da receita da companhia dependem de lojas e parques industriais localizados no Estado gaúcho

Desde as primeiras notícias da triste tragédia que afetou o Rio Grande do Sul, nós da Inteligência Financeira estamos produzindo algumas reportagens sobre o impacto das enchentes em algumas empresas que possuem forte atuação no Estado gaúcho. Entre elas está a 3tentos (TTEN3).

Afinal de contas, a companhia possui cerca de 80% da sua receita vinda exatamente do Rio Grande do Sul.

“No dia 5 de maio desse ano, a 3tentos (TTEN3) enviou um comunicado ao mercado sinalizando que suas indústrias [que ficam nas cidades de] Ijuí e Cruz Alta não foram impactadas pelas chuvas. No entanto, as unidades comerciais localizadas em Santa Maria e Cachoeira do Sul apresentaram acúmulos de água. Porém, os estoques e infraestrutura não tiveram comprometimentos”, conta Eliz Sapucaia, CNPI e gestora de investimentos da Medici Asset, empresa do Grupo NanoCapital.

Lucro da 3tentos (TTEN3)

Dessa forma, até o momento, a empresa não divulgou impactos financeiros específicos decorrentes das chuvas no Rio Grande do Sul. “A empresa pontuou uma queda na estimativa da safra de soja do Estado. Então, a redução vai de 23 a 24 milhões de toneladas para 21 a 22 milhões de toneladas. Mas, ainda assim, é uma safra boa”, comenta Régis Chinchila, head de research da Terra Investimentos.

Ainda de acordo com o especialista, as operações das indústrias e unidades comerciais da 3tentos (TTEN3) estão em grande parte normalizadas, com apenas uma unidade ainda paralisada. “Portanto, a empresa continua a fornecer óleo de soja, ração e biocombustíveis. O que assegura a continuidade da cadeia de suprimentos”, afirma.

Curto, médio e longo prazos: o que esperar das ações da 3tentos (TTEN3)

Então, mesmo com o baixo impacto das enchentes nas atividades da empresa, é importante que o investidor fique de olho nos papéis da companhia.

Por isso, de antemão, ou seja, no curto prazo, as ações da 3tentos (TTEN3) podem apresentar alguma volatilidade. E isso, claro, por conta das incertezas climáticas e logísticas. “Mas a empresa demonstrou resiliência e capacidade de adaptação”, acrescenta o head de research da Terra Investimentos.

No médio prazo, o profissional acredita que possa haver uma melhora nos resultados da empresa, puxada pela abertura de novas lojas e pela entrada em operação da nova indústria em Vera. “O que já está contribuindo de forma positiva para a receita deste ano”, argumenta.

Já no longo prazo, com a expansão e a nova fábrica em funcionamento, as projeções são favoráveis para um crescimento sólido dos resultados da empresa.

É hora de investir na 3tentos (TTEN3)?

Diante disso, seja você um investidor da empresa ou esteja pensando em coloca-la em sua carteira, fica a dúvida se é hora de aplicar dinheiro na companhia.

De acordo com Régis Chinchila, a Terra Investimentos mantém uma recomendação neutra para as ações da 3tentos (TTEN3), com um preço-alvo de 12 meses em R$ 14.

“Isso sugere que, embora a empresa esteja adequada para encarar os desafios e continuar crescendo, os potenciais ganhos já podem estar presentes nos preços atuais das ações”, afirma o profissional.

Leia a seguir

Leia a seguir

Então, para investidores que buscam estabilidade em sua carteira e estão a fim de acompanhar a evolução da empresa no médio e longo prazos, o head de research diz que pode ser um bom momento para considerar investir nos papéis da TTEN3.

“No entanto, para aqueles que preferem reduzir qualquer risco imediato, pode ser mais interessante aguardar até que os impactos das chuvas sejam totalmente compreendidos e a parte logística esteja completamente normalizada. A resiliência da 3tentos (TTEN3) e suas estratégias de crescimento oferecem uma base sólida. Mas a recomendação neutra indica que os investidores devem agir com cautela”, finaliza o especialista.