Vendas do comércio recuam 0,1% em agosto, na terceira queda seguida

No ano, setor acumula alta de 0,5%, mas tem queda de 1,4% no indicador acumulado em 12 meses

As vendas do comércio recuaram 0,1% em agosto na comparação a julho, apontam os dados divulgados nesta sexta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar da taxa negativa, o IBGE considera que o resultado aponta para uma estabilidade do setor. Era para ser a quarta queda seguida do indicador, mas a revisão de dados primários fez o resultado de maio passar do campo negativo (-0,5%) para o positivo (0,2%) e, com isso, agosto representa o terceiro recuo consecutivo, com queda de 2,5% acumulada no período.

Na comparação com agosto do ano passado, o volume de vendas cresceu 1,6%. No ano, o comércio acumula alta de 0,5%. Já em 12 meses as vendas acumulam queda de 1,4% na comparação com os 12 meses imediatamente anteriores.

No comércio varejista ampliado, que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção, o volume de vendas caiu 0,6% frente a julho e 0,7% em relação a agosto do ano passado.