Renegociações pelo Desenrola já somam R$ 5,4 bilhões

Só na semana passada foram contabilizados R$ 2,9 bilhões em repactuação de dívidas em atraso

As renegociações de dívidas pelo Desenrola aceleraram na semana passada, atingindo um total de R$ 5,4 bilhões, informou a entidade que representa os bancos, Febraban.

Só na semana passada foram contabilizados R$ 2,9 bilhões em repactuação de dívidas em atraso pela faixa 2 do programa, segundo comunicado desta segunda-feira.

O número representa aumento de 116% em relação aos R$ 2,5 bilhões somados nos 15 dias anteriores.

O número de contratos de dívidas negociados desde o início do Desenrola, em 17 de julho, chega a 905 mil. A adesão ao programa irá até 31 de dezembro.

Ainda de acordo com a Febraban, já foram desnegativados cerca de 4,8 milhões de registros de clientes que tinham dívidas bancárias de até R$ 100,00. O número inclui apenas baixas de registros de credores bancários.

A Faixa 2 do programa abrange a população com renda de dois salários mínimos – R$ 2.640 até R$ 20 mil por mês. As dívidas podem ser pagas a partir de 12 prestações.