Inflação nos EUA: PCE fica estável em outubro; taxa em 12 meses desacelera a 3%

Índice é a medida de inflação preferida do Federal Reserve na formulação da política monetária

O índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) dos Estados Unidos permaneceu estável em outubro na comparação com setembro, informou nesta quinta-feira (30) o Departamento do Comércio. Na comparação anual, o crescimento foi de 3,0%.

Os números vieram levemente abaixo das expectativas de analistas ouvidos pela FactSet, que previam altas de 0,1% e 3,1%, respectivamente.

O núcleo do PCE, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, avançou 0,2% em outubro ante o mês anterior, em linha com o previsto. O núcleo também subiu 3,5% na leitura anual, também como esperado pelos economistas.

Tanto o índice cheio como o núcleo representam leve desaceleração em relação a setembro, quando registraram alta de 3,4% e 3,7%, respectivamente.

O índice PCE é a medida de inflação preferida do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

Com informações do Estadão Conteúdo