Brasil tem chance de ser rebaixado por agências de risco se PEC da Transição chegar a R$ 200 bilhões

A avaliação é de Luis Stuhlberger, CEO da Verde Asset Management

Se o valor da PEC da Transição chegar a R$ 200 bilhões, o Brasil poderá ser rebaixado por alguma agência de classificação de risco. A avaliação é de Luis Stuhlberger, CEO da Verde Asset Management.

Stuhlberger disse que “com uma PEC da transição de R$ 200 bilhões, não vejo chance zero de o país ter um downgrade de uma agência de classificação de risco”. A afirmação foi feita durante sua participação no Macro Vision, evento realizado pelo Itaú BBA para discutir temas como perspectiva econômica do país.

Para o CEO da Verde Asset, Lula avalia que nos anos de maior gasto de seu governo o PIB subiu 4%, mas quando veio o teto de gastos o Brasil não cresceu e veio a austeridade fiscal. Para ele, trata-se de uma maneira simplista de pensar que quanto mais se gastar mais o PIB sobe.

Segue o fio: