EUA: Abertura de empregos no setor privado cresce acima do esperado em junho, o que favorece aperto monetário

Criação de vagas no mês ficou em 497 mil contra previsão de 250 mil do mercado

Dados divulgados nesta quinta-feira (6) pela ADP mostram que o setor privado abriu 497 mil empregos em junho nos Estados Unidos.

O número ficou acima do esperado pelos analistas do mercado, com consenso na faixa de 250 mil vagas.

A pesquisa da ADP aponta também que os salários no setor privado tiveram uma expansão média anual de 6,4%.

A alta, no entanto, representa uma desaceleração em relação a maio, quando a variação positiva ficou em 6,6%.

O mercado de trabalho ainda aquecido favorece a visão de retomada do aperto monetário no país, após a manutenção da taxa no intervalo de 5% a 5,25%.

Os dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) deixaram espaço para dois novos aumentos dos juros em 2023, com a condição de que esperariam dados econômicos atualizados.

Assim, o payroll (relatório oficial de emprego) programado para esta sexta-feira (7) será essencial para consolidar a posição de juros mais altos, se também vier acima do esperado.

Já na semana que vem, na quarta-feira (12), saem os números da inflação (CPI). Ainda que esteja em desaceleração, em 4%, o índice de preços aos consumidores segue longe da meta de 2%.

E o Fed deixou bem claro que vai persistir na missão de convergir à meta.