Dólar sobe no exterior após feriado nos EUA; libra recua com decisão de juros do Banco da Inglaterra

Semana está sendo relativamente tranquila para o dólar, em que a divulgação das vendas no varejo dos EUA veio mais suave do que o esperado, dando 'respiro' a moeda norte-americana

O dólar opera em alta no mercado internacional nesta quinta-feira, 20, um dia após o feriado do Juneteenth, que manteve os mercados fechados nos Estados Unidos na véspera. Ao mesmo tempo, a libra esterlina recua após o Banco da Inglaterra (BoE) manter sua taxa de juros inalterada.

Por volta das 8h05 (de Brasília), o índice DXY, que mede a relação do dólar com uma cesta de seis moedas de países desenvolvidos, tinha queda de 0,08%, a 105,172 pontos.

Esta foi uma semana relativamente tranquila para o dólar, em que a divulgação das vendas no varejo dos EUA na terça-feira, um pouco mais suave do que o esperado, não teve um impacto marcante sobre as taxas ou a moeda, destaca Chris Turner, analista de câmbio do banco ING.

“A menos que haja alguma intervenção verbal importante por parte do Federal Reserve [Fed], parece que essa negociação dentro da faixa pode se estender até 28 de junho, quando veremos os dados do núcleo de preços PCE de maio”, diz Turner, que espera-se que o DXY permaneça ligeiramente em uma faixa de 105,00 a 105,50 hoje. Na agenda econômica, às 9h30, serão divulgados os dados semanais de pedidos de seguro-desemprego dos EUA.

No horário acima, o euro recuava 0,18%, a US$ 1,07277, enquanto a libra esterlina tinha queda de 0,28%, a US$ 1,26841. A moeda reage à decisão do BoE, que manteve os juros inalterados em 5,25% ao ano, como apontavam as expectativas do mercado. Ante a moeda japonesa, o dólar avançava 0,29%, valendo 158,411 ienes.

Mais cedo, a moeda americana se recuperou em relação ao franco suíço, após um corte de 0,25 ponto percentual (p.p.) na taxa de juros do Banco Nacional Suíço (SNB), que foi de 1,50% para 1,25%. Esse foi o segundo corte realizado pela autarquia neste ciclo. Assim, o dólar subiu de 0,8842 francos na quarta-feira para 0,8884 francos.

Com informações do Valor Econômico.

Leia a seguir

Leia a seguir