Disney supera Netflix em novos assinantes e disputa entra em nova fase

A batalha pelos olhos dos consumidores se intensificou nos últimos anos, principalmente com o início da pandemia

A Disney adicionou 11,8 milhões de novos assinantes no trimestre encerrado em 31 de dezembro de 2021, superando as expectativas da FactSet de 7 milhões, bem como os 8,3 milhões de adições líquidas da Netflix. Há uma oportunidade para a Disney vencer sua rival também no trimestre atual, já que a Netflix projetou 2,5 milhões de novos assinantes.

A batalha pelos olhos dos consumidores se intensificou nos últimos anos, principalmente com o início da pandemia de covid-19. No entanto, com o impacto da pandemia na vida cotidiana diminuindo, uma nova era nas disputas de transmissões pode estar começando. O crescimento de assinantes da Disney vem desacelerando nos últimos trimestres, mas a empresa conseguiu virar a maré.

A decisão da Amazon de aumentar o preço do Prime pela primeira vez desde 2018 também pode ter um impacto na dinâmica dos assinantes, talvez abrindo ainda mais as portas para a Disney.

O diretor-presidente da Disney, Bob Chapek, disse que não prevê que o crescimento de assinantes seja necessariamente linear, mas espera um crescimento mais forte na segunda metade do ano fiscal, citando novos lançamentos no mercado e novos conteúdos originais.

A decisão estratégica da empresa de incluir Disney + e ESPN + como parte de uma assinatura do Hulu Live foi responsável por dois milhões dos 4,1 milhões de novos assinantes domésticos.

(Com informações do Valor PRO, o serviço de notícias em tempo real do Valor Econômico)

Leia a seguir

Leia a seguir