Melhores e piores da Bolsa: Sequoia lidera e Magalu segue entre as melhores; Americanas desce a R$ 1

Confira as dez empresas que apresentaram as maiores altas e baixas da bolsa de valores nesta quinta-feira, 19 de janeiro

Mais uma vez, o varejo liderou perdas e ganhos na bolsa nesta quinta-feira (19), com o Magazine Luiza puxando as altas. A empresa liderou o Ibovespa e ficou entre as cinco maiores altas da B3 como um todo entre empresas com volume na casa dos milhões ou bilhões.

O Magalu vem registrando ganhos na Bolsa em 2023 depois de um 2022 de desvalorização acentuada. A empresa tem sido vista pelo mercado como sólida o suficiente para dominar parte do mercado que deve ser desocupado pela Americanas.

Mas a liderança do dia ficou com a Sequoia. A empresa de logística apresentou no último mês seu primeiro relatório de sustentabilidade na intenção de se tornar uma empresa mais verde. Além disso, tem sido favorecida pelo crescimento do aplicativo de vendas Shein. As empresas são parceiras no Brasil.

Analistas do BB Investimentos apontaram, recentemente, que a empresa mostra potencial em alguns segmentos, como o de última milha, que atende a etapa final do frete no transporte de produtos comercializados no modelo B2C (business to consumer).

Perdas

Na ponta de baixo, a Americanas voltou a segurar a lanterna, com perda de mais de 40% ao final do pregão, com o valor da ação caindo a R$ 1. A empresa anunciou nesta quinta-feira seu pedido de recuperação judicial com valor de R$ 43 bilhões. O pedido ainda passará por avaliação da assembleia.

Entre as que mais perderam, destaque também para a Camil, que liderou os ganhos na quarta-feira (18) com a perspectiva de disparada do preço do arroz e do valor das ações da empresa a reboque.

Os resultados de melhores e piores do dia apresentados pela IF não abrangem somente as ações do Ibovespa, mas todas que têm volume de movimentação na casa dos milhões ou acima disso.

Veja as maiores altas do dia  

  • Sequoia (SEQL3) +12,93%
  • Oncoclínicas (ONCO3) +7,58%
  • PDG (PDGR3) +7,14%
  • Magazine Luiza (MGLU3) +6,46%
  • TC Traders Club (TRAD3) +6,41%

Confira as maiores perdas

  • Americanas (AMER3) -42,52%
  • Estapar (ALPK3) -7,14%
  • Tenda (TEND3) -6,58%
  • Camil (CAMIL3) -5,72%
  • Positivo (POSI3) -5,67%