Bolsas da Europa fecham em baixa, com cautela por quadro da economia global e aperto de BCs

Investidores aguardam que o Banco da Inglaterra eleve seus juros na quinta-feira (22), a exemplo do BCE

As bolsas da Europa fecharam em baixa nesta segunda-feira (19) em uma sessão na qual há cautela com as sinalizações para a economia global. A continuidade do aperto monetário por alguns dos principais bancos centrais é alvo de atenção, enquanto há também pessimismo com prováveis estímulos governamentais menores na China. O dia contou ainda com liquidez reduzida devido a um feriado nos Estados Unidos.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 1,09%, a 461,73 pontos.

Na sexta-feira (16), uma reunião do Conselho Estatal da China terminou sem medidas concretas para impulsionar a economia, contrariando a expectativa de adoção de novos estímulos direcionados, em especial, para reanimar o setor imobiliário. O Goldman Sachs cortou a projeção de alta do PIB da China de 2023 de 6,0% a 5,4%, devido a “persistentes ventos contrários ao crescimento” no país.

Juros no Reino Unido

Investidores aguardam também que o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) eleve seus juros na quinta-feira (22), a exemplo do que fez o Banco Central Europeu (BCE) na semana passada, após recentes sinais de firmeza no mercado de trabalho e de inflação salarial mais alta no Reino Unido.

Entre as bolsas da Europa, a de Londres, cujo índice é o FTSE 100, registrou queda de 0,71%, a 7.588,48 pontos.

Provável elevação

O economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), Phillip Lane, afirmou nesta segunda que, caso não haja mudanças materiais nas previsões econômicas para julho, provavelmente a autoridade irá elevar novamente os juros na sua decisão monetária. “Necessitamos depender de dados e das projeções para a inflação”, avaliou.

Além disso, o integrante do conselho do BCE, Peter Kazimir acrescentou que em seu cenário-base projeta uma elevação de juros na próxima reunião. Assim, para a decisão seguinte, de setembro, ainda será preciso avaliar o quadro e a questão está em aberto, comentou.

Outros índices de bolsas europeias

Em Frankfurt, o DAX caiu 0,96%, a 16.201,20 pontos. Em Paris, o CAC 40 baixou 1,01%, a 7.314,05 pontos. Em Milão, o FTSE MIB recuou 0,39%, a 27.754,18 pontos. Em Madri, o IBEX 35 teve baixa de 0,84%, a 9.414,90 pontos. Em Lisboa, o PSI 20 caiu 0,51%, a 6045,10 pontos.