Salto de 300%: ações da Gradiente (IGBR3) em oferta pública passam de R$ 40 para R$ 121

Na bolsa, ações experimentaram alta de cerca de 30% durante a tarde desta sexta (17)

A IGB Eletrônica, dona da marca Gradiente, divulgou nesta sexta-feira (17) que passou de R$ 40,51 para R$ 121,18 o preço justo das ações da companhia para fins da oferta pública de aquisição de ações (OPA), após publicação de novo laudo de avaliação.

O novo valor é 299,14% maior que o apontado anteriormente.

Por volta das 14h30, as ações da IGB Eletrônica subiam 28,78%, cotadas em R$ 90,15, a maior valorização da bolsa. O volume negociado era de R$ 2,39 milhões e supera o da sessão inteira de quinta.

Controladora diz que novo preço justo não interessa

Segundo a companhia, a ofertante, HAG Holdings, que é controladora da IGB, decidiu seguir adiante com a OPA e apresentou a documentação atualizada para análise da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

No entanto, a HAG Holdings não tem interesse em realizar a OPA em valores acima do novo preço justo e se reservou ao direito de desistir da operação caso acionistas peçam convocação de assembleia para realização de nova avaliação.

A HAG Holdings está desde o ano passado tentando realizar uma OPA para comprar a participação minoritária em circulação no mercado e fechar o capital da companhia. O valor justo foi alterado para incluir a venda de créditos tributários ao BTG Pactual.

Leia a seguir

Leia a seguir