Zerar posição

Direto ao Ponto
Zerar posição

Zerar posição acontece sempre que você vende todos os seus investimentos. No mercado de ações, por exemplo, quando você zera sua posição, você está emitindo uma ordem de venda de todos os papéis que você tem em carteira.

O ideal é que você zere sua posição sempre tendo como base uma estratégia bem planejada feita para isso. Assim, as chances de você obter uma boa rentabilidade são maiores.

Porém, se você decidir zerar sua posição frente ao pânico do mercado ou seguindo o que outros investidores estão fazendo (o chamado efeito manada), sem ter qualquer racional que guie sua tomada de decisão, a chance de você vender mais barato do que quando comprou vai ser grande.

Ao zerar sua posição, você deve levar em conta, além do ganho ou prejuízo, todos os custos e tributos que envolvem a operação, antes de efetuar a venda dos ativos. Assim você tem a exata dimensão do quanto vai ter que pagar e qual valor líquido você vai apurar.

Zerar posição é comum no day trade

Zerar posição é uma manobra comum entre quem faz day trade  ou swing trade . São pessoas que acompanham o mercado de perto e tentam achar padrões e criar previsões para comprar ações  na baixa e vender na alta, ganhando com as variações.

No day trade, tudo acontece no mesmo dia. O investidor compra 20 ações de uma empresa pela manhã, à tarde já vendeu tudo. A diferença para o swing trade é que pode levar semanas. Cada um decide fazer isso por um motivo diferente.

Bolsa de Valores e Mercado de Ações zerar posição
– Ilustração: Marcelo Andreguetti

Em geral, existem duas visões sobre isso:

Na primeira, você zera a posição para em curtíssimo prazo ganhar lucros. Por exemplo, você estuda e vê que o minério de ferro deve ser valorizado porque a China vai investir muito nele. Você compra ações de uma mineradora que você considera que estão baratas, assiste elas subindo, e logo vende, porque sabe que é uma alta passageira.

Na segunda, o que acontece é que nem sempre você acerta a previsão, sua bola de cristal é falha, e aí, você vende o quanto antes e evitar prejuízos. Vai que a China anuncia a valorização, mas a mineradora que você investiu se envolve em um crime ambiental no mesmo dia e só tem queda. Você zera posição na velocidade da luz pra frear as perdas.

Glossário  Bolsa de Valores Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Ifix

O Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX) foi criado em 2012 pela B3 para mostrar o retorno médio dos fundos imobiliários.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Blue Chip

Blue chips (ou large caps) são empresas listadas na Bolsa de Valores e que têm valor de mercado acima de R$ 40 bilhões.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Oferta hostil

Também conhecida como aquisição hostil, a oferta hostil acontece quando uma empresa ou um grande investidor toma o controle de uma companhia listada em Bolsa, comprando suas ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Acionista

Acionista é o investidor pessoa física ou jurídica que tem uma ou mais ações – ou até frações - de uma empresa.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
B3

A B3, sigla para ‘Brasil, Bolsa e Balcão’, é a Bolsa de Valores do Brasil, que está sediada em São Paulo.…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

Valor Econômico Atualizado em 19.ago.2022 às 06h41
Megaleilão do Tesouro pressiona mercado

Emissão de R$ 16,7 bi em LTNs e NTN-Fs, concentrada em títulos mais longos, resultou em taxas mais altas no mercado de juros

Valor Econômico Atualizado em 19.ago.2022 às 06h40
Leilão de aeroportos arrecada R$ 2,72 bilhões em outorgas

Única interessada no bloco liderado por Congonhas, a espanhola Aena arrematou o lote com ágio de 231%. O certame também marcou a estreia da XP Asset no setor aeroportuário

André Franco Atualizado em 19.ago.2022 às 06h34
Meme coins: vale a pena investir?

Nos ciclos de alta, é normal que ‘versões B’ de uma criptomoeda sejam criadas

Mário Mesquita Atualizado em 19.ago.2022 às 06h33
Opinião: A economia brasileira em 2022 e 2023

Dados fatores internos e externos, não é baixa a probabilidade de o PIB retroceder no ano que vem

Itaú Meu Negócio