D+0, D+1, D+2

Direto ao Ponto
D+0, D+1, D+2

D+0 (ou D0), D+1 (ou D1), D+2 (ou D2) são prazos de resgate de investimentos, considerando apenas dias úteis. As siglas representam a quantidade de dias para o dinheiro cair na conta do investidor.

O que é resgate D+0, D+1, D+2?

D+0 significa zero dias para o resgate. Ou seja: o dinheiro cai na conta no mesmo dia em que é encerrada a aplicação. 

D+1 representa um prazo de um dia útil para o dinheiro resgatado cair na conta. Por exemplo, se o investidor encerra a aplicação na segunda-feira, a quantia em questão cai em sua conta na terça. Se resgata em uma sexta-feira, cai na segunda. 

Na mesma lógica, D+2 se refere ao prazo de dois dias úteis para o resgate e D+30, 30 dias úteis para o resgate. 

Além dos investimentos, a sigla D+ também é usada para descrever o tempo de compensações bancárias e transferências. Uma TED tem o prazo de D+0, enquanto o DOC tem o prazo de D+1. 

Em inglês, o D é substituído por T, que se refere a “transaction” (transação, em inglês). 

Mais ou menos liquidez 

Quanto menos dias necessários para a compensação, mais alta é a liquidez do ativo em questão.  

A compra e venda de ações, e de demais produtos de renda variável à vista, dura dois dias úteis para ser compensada. 

Geralmente os fundos de investimento têm prazos mais longos, de 30 dias, mas podem chegar a 60 e 90 dias úteis. Isso acontece porque o resgate de fundos depende do prazo de cotização e do de liquidação. 

O prazo de cotização é o tempo que o fundo leva para transformar a cota em dinheiro e dar saída ao cotista. O prazo de liquidez é o tempo que leva para o dinheiro cair na conta do investidor. Somados, eles resultam no prazo de resgate identificado como D+ na lâmina do fundo. 

O prazo de resgate deve sempre ser informado ao investidor, que deve considerar a liquidez antes de fazer a aplicação. 

Segundo especialistas, a reserva de emergência deve ser investida apenas em instrumentos de renda fixa de liquidez diária, ou seja, de prazo D+0, e que podem ser acessados imediatamente caso necessário. 

D+0, D+1, D+2: Como tudo começou 

A primeira regra de liquidação nos Estados Unidos foi adotada em 1975. Antes disso, a duração da transação era decidida entre o comprador e o vendedor do ativo, já que a transferência era manual, com entrega física do certificado de propriedade da ação. Até que o certificado fosse entregue, o pagamento não era finalizado.  

Com a mudança nos preços dos ativos cada vez mais dinâmica, tornou-se necessário o estabelecimento de um prazo para a conclusão do negócio. Dessa forma, em 1975, a SEC (órgão regulador do mercado nos EUA) determinou o prazo de cinco dias úteis para a liquidação do negócio. Em 1993, com o avanço da internet, a SEC encurtou este prazo para três dias úteis. Em 2017, o prazo caiu para dois dias úteis. 

Glossário  Finanças Pessoais Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Pix

Pix é um meio de pagamento instantâneo, disponível a qualquer hora e dia. É gratuito para pessoas físicas, mas os bancos podem cobrar para que empresas usem o serviço. …

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Ativo financeiro

O ativo financeiro é o mesmo que investimento ou produto financeiro. Há diversos ativos no mercado, como ações, títulos públicos e privados, BDRs, ADRs, ETFs.…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

Valor Econômico Publicado em 14.ago.2022 às 14h30
Conheça oportunidades e tendências para investimentos ‘verdes’

Especialistas dizem que temas como créditos de carbono, bioeconomia e impacto social devem estar cada vez mais presentes nas discussões sobre dinheiro

íon Itaú Publicado em 13.ago.2022 às 10h00
Como os Fundos Imobiliários te ajudam a gerar renda passiva?

Veja como é possível receber "aluguéis" sem ter a burocracia de comprar um imóvel

Papo de Finanças Publicado em 12.ago.2022 às 17h15
A geração Z está saindo da casa dos pais?

Com as vacinas contra a Covid-19, os jovens estão voltando a trabalhar e socializar. Mas esse é o momento de ir morar sozinho?

íon Itaú Publicado em 12.ago.2022 às 17h00
Análise Técnica só para profissionais? “Isso é um mito”

Com poucos recursos, já é possível sentir o mercado pelos gráficos segundo o estrategista de ações do Itaú

Redação IF Publicado em 12.ago.2022 às 14h24
Aproveitando a onda dos juros altos, investidores correm para a renda fixa

Estoque de ativos cresceu 23,5% no 2º trimestre, em relação ao mesmo período do ano passado

Redação IF Publicado em 12.ago.2022 às 12h10
Hapvida (HAPV3) tem forte alta; Itaú BBA destaca aumento de beneficiários

Ações da companhia estavam entre as maiores valorizações da B3 nesta sexta

Itaú Meu Negócio