Nasdaq

Direto ao Ponto
Nasdaq

A Nasdaq (National Association of Securities Dealers Automated Quotations) é uma Bolsa de Valores localizada em Nova York, nos Estados Unidos. Pelo seu volume de negociações, é considerada uma das maiores do mundo. Mais de 3 000 companhias estão listadas na Nasdaq, entre elas Facebook, Apple, Microsoft e Amazon. E é aí onde está o diferencial da Nasdaq: os papeis que ela negocia são de empresas que têm a tecnologia como foco de seus negócios.

Um exemplo para você entender a Nasdaq 

Em dezembro de 2020, o Airbnb, site de reserva de acomodações, fez sua estreia na Nasdaq. A empresa fez o IPO e passou a comercializar ações na Bolsa americana. Com isso, os investidores puderam se tornar sócios da companhia. Essa foi a maior oferta pública inicial de ações do ano nos Estados Unidos. Além do Airbnb, empresas como DoorDash e Snowflake também abriram capital na Nasdaq. 

Como tudo começou? 

A Nasdaq foi criada em 1971, motivada por órgãos reguladores do mercado. O objetivo era trazer um ambiente mais transparente, moderno e seguro de regulamentação, principalmente para empresas de tecnologia e setores menos tradicionais.  

Para isso, foi criado um sistema de negociação totalmente eletrônico – diferentemente da NYSE, principal concorrente da Nasdaq. O primeiro pregão da Nasdaq foi realizado em 8 de fevereiro de 1971. Neste dia, mais de 2.500 ações passaram a ser negociadas.  

A Nasdaq ainda teve um grande destaque entre os anos 1997 e 2000, quando aconteceu a bolha da internet. Foi nessa época em que novas empresas de tecnologia registraram uma forte alta de ações com o superaquecimento do mercado financeiro americano. Entre 2000 e 2002, investidores se deram conta de que as especulações cresciam sem grandes fundamentos, o que provocou um enorme volume de vendas. Foi então que o principal índice da Nasdaq caiu mais de 75%. Mais tarde, em 2008, a Nasdaq sofreu novamente um período de quedas com a crise do subprime.  

Atualmente, a Bolsa abriga as maiores empresas de tecnologia do mundo, como Apple, Google, Netflix, Amazon e Starbucks. Ela funciona como um “termômetro” no mercado financeiro, com bilhões de dólares sendo negociados diariamente.  

Cinco curiosidades sobre a Nasdaq 

  1. Por ter nascido em um ambiente digital, a Nasdaq nunca adotou o tradicional pregão viva voz, onde ativos eram negociados em um grande galpão. Tudo acontece online, em um sistema eletrônico de alta segurança. 
  1. O funcionamento da Nasdaq é diferente do de Bolsas como a B3 e NYSE. Nela, as negociações acontecem pelo modelo “dealer’s market”, onde os investidores não negociam entre si. As compras e vendas dos ativos são feitas por meio de um negociador.  
  1. Cerca de 1,8 bilhão de negociações acontecem diariamente na Nasdaq. Na sua principal concorrente, a NYSE, são cerca de 1,46 bilhão de negociações. Isso acontece, principalmente, pela presença das maiores empresas do mundo, como Google e Microsoft, que têm suas ações muito negociadas. 
  1. A sede da Nasdaq fica na Time Square, em Nova York. A bolsa de valores é tão conhecida que se tornou uma atração turística entre os visitantes. O famoso telão em frente ao prédio destaca as empresas listadas e outras informações relevantes. 
  1. Em 2016, a Nasdaq anunciou a chegada da primeira mulher a liderar uma bolsa de valores nos Estados Unidos: a empresária Adena Friedman. 

Glossário  Ações Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Blue Chip

Blue chips (ou large caps) são empresas listadas na Bolsa de Valores e que têm valor de mercado acima de R$ 40 bilhões.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Oferta hostil

Também conhecida como aquisição hostil, a oferta hostil acontece quando uma empresa ou um grande investidor toma o controle de uma companhia listada em Bolsa, comprando suas ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Minoritários

Acionista minoritário é aquele que tem menos de 50% das ações de uma empresa.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Mercado fracionário

O lote padrão de uma empresa listada na Bolsa de Valores tem 100 ações. No mercado fracionário, este lote é "quebrado" e o investidor pode comprar de uma a 99 ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Direito de subscrição

Direito de subscrição é a preferência dada ao acionista para adquirir mais ações, quando uma empresa decide fazer uma nova captação (follow on).…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

Redação IF Publicado em 19.ago.2022 às 08h04
Alerta de seca na China e perdas no setor de tecnologia derrubam bolsas da Ásia

Onda de calor mais intensa em seis décadas pode prejudicar a expectativa de recuperação rápida da economia chinesa

3 min
Valor Econômico Atualizado em 19.ago.2022 às 06h40
Leilão de aeroportos arrecada R$ 2,72 bilhões em outorgas

Única interessada no bloco liderado por Congonhas, a espanhola Aena arrematou o lote com ágio de 231%. O certame também marcou a estreia da XP Asset no setor aeroportuário

2 min
Redação IF Publicado em 18.ago.2022 às 16h43
Santander eleva preço-alvo para Eneva de R$ 18 para R$ 20,56 e reitera recomendação de compra

Aquisições feitas este ano vão permitir que a empresa diversifique estratégica e geograficamente seu modelo de negócios

2 min
Itaú Meu Negócio