Dovish e hawkish

Direto ao Ponto
Dovish e hawkish

Dovish e hawkish são expressões em inglês utilizadas pelo mercado financeiro para qualificar a política monetária de um país. Dovish, ou dove, é uma política monetária estimulativa, de juros baixos. Já hawkish, ou hawk, se refere a uma política de juros altos para conter a inflação.

O que são as posturas dovish e hawkish?

Geralmente, uma postura dovish tende a beneficiar o mercado de ações, pois juros mais baixos estimulam ativos de renda variável e tomada de crédito.  Por outro lado, um viés hawkish pode prejudicar os ativos mais arriscados, já que deixam a renda fixa mais atrativa. Além disso, juros mais altos encarecem empréstimos e financiamentos, o que pode desacelerar a economia. 

Os agentes do mercado financeiro tendem a classificar os formadores de política monetária (membros dos Bancos Centrais) como dovish ou hawkish, de acordo com seus posicionamentos. 

Os que não têm uma posição bem definida são chamados de pigeons ou centristas. 

As classificações, porém, não são definitivas. A política monetária pode passar de hawkish a dovish, dependendo do contexto econômico em questão. 

O que significa hawkish? E dovish? 

Veja que interessante, traduzindo do inglês para o português, temos: 

  • Dove, que significa pomba. 
  • Hawk, que é falcão. 

Segundo especialistas, há diversas explicações para o uso das aves. Uma delas é em razão do comportamento desses pássaros. Enquanto o falcão caça e ataca as presas, e simboliza a guerra — analogia a quando um Banco Central ataca a inflação subindo juros —, a pomba é o símbolo da paz — analogia ao Banco Central que corta juros e é pacífico com relação à inflação. 

Além disso, há uma semelhança entre o patamar de voos destas aves e o patamar dos juros. Enquanto o falcão voa alto (juros mais altos), a pomba fica mais próxima ao chão (juros baixos). Os falcões costumam ter o foco em uma única presa por vez, levando o termo hawk a ser usado em contextos relacionados à atenção especial a um assunto em específico. No caso de política monetária, o foco de quem é hawk é a inflação.  

Como tudo começou 

Um dos primeiros usos do termo hawk para além de seu significado literal foi em 1812, pelo político americano John Randolph no início da guerra contra o Reino Unido. Ele chamou quem era a favor do conflito de “war hawk”, ou falcão de guerra, na tradução do inglês. Os contrários ao conflito acabaram sendo satirizados como doves. Desde então, hawk passou a ser utilizado como sinônimo de pró-conflito e dove, como o contrário. Na Guerra do Vietnã, os termos ganharam destaque ao serem usados para descrever os contrários e os favoráveis à investida americana. Com o passar do tempo, os termos foram adaptados para diversos contextos, incluindo o econômico. 

Glossário  Economia Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Balança Comercial

A diferença entre o valor adquirido com as exportações e o valor gasto com as importações em um país é chamado de balança comercial.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Banco Central (BC)

Banco Central é a instituição responsável por gerir o sistema financeiro de um país, protegendo o poder de compra da moeda e a estabilidade da política econômica.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
FED

Federal Reserve Bank (FED) é o Banco Central dos Estados Unidos e é o responsável pela política monetária daquele país.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Teto de gastos

Teto de gastos é um mecanismo que surgiu em 2016 e passou a ser aplicado em 2017, que nasceu com a missão de evitar o aumento da relação dívida pública/PIB. As despesas e os investimentos do governo ficam, assim, limitados aos mesmos valores gastos nos 12 meses anteriores terminados em junho e corrigidos pelo IPCA.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Pro rata

Pro rata, ou pro-rata, é um termo usado no mundo da contabilidade, economia, direito e finanças que indica divisões iguais de um valor. A distribuição de dividendos entre acionistas é um exemplo de pro rata.…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

JOTA Publicado em 15.ago.2022 às 13h10
Análise: Planos de governo apontam para regulação de trabalhadores de aplicativos

Candidaturas de Lula e Bolsonaro sinalizam atuar para combater a informalidade de quem atua com apps, diz Fabio Graner, do JOTA

Manhã Inteligente Publicado em 15.ago.2022 às 10h42
Semana com expectativa do mercado de alta na indústria de Brasil e EUA

Saiba os destaques da agenda econômica e o que pode mexer com seu bolso e investimentos

Visão de Líder Atualizado em 15.ago.2022 às 11h00
‘Não tem mágica. Investir é uma maratona, não uma corrida de cem metros’, diz Roberto Setubal no Visão de Líder

Em entrevista exclusiva à Inteligência Financeira, o copresidente do Conselho de Administração do Itaú Unibanco, Roberto Setubal, fala sobre as perspectivas e os desafios para o Brasil e o mundo, e conta o que mudou no banco em seus 23 anos como CEO – e o que o banco mudou nele

Denyse Godoy Atualizado em 15.ago.2022 às 09h52
Mercado vê inflação em queda, juros estáveis e PIB maior ao final do ano, diz Focus

Cenário mais positivo está retratado na pesquisa semanal do BC com analistas de instituições financeiras

Redação IF Atualizado em 15.ago.2022 às 07h19
Gestores de ativos apostam alto em criptomoedas, apesar de queda do mercado

Movimentação de casas tradicionais em investimentos, como Abrdn, BlackRock, Schroders e Charles Schwab, sinaliza maior aceitação de ativos digitais

Itaú Meu Negócio