Day trade

Direto ao Ponto
Day trade

É comprar e vender ações várias vezes em um mesmo dia, ou melhor, em um mesmo pregão.

Não existe um valor mínimo para este tipo de estratégia, mas o que os adeptos a ela fazem, em geral, é colocar metas diárias para ganhos, além de definir um limite para as perdas. Também é preciso anotar cada decisão tomada para que se possa checar se o caminho traçado está sendo bem ou malsucedido no day trade.

Como tudo começou

É difícil precisar quando as pessoas começaram a operar muitas vezes em um só dia na Bolsa de Valores, mas o que se observa é um crescimento no número de traders (nome que se dá ao investidor que opera day trade) com a popularização das plataformas de investimento e quando o pregão viva voz acabou, em 2009. Hoje, muitos investidores são atraídos a fazer day trade pela ilusão do dinheiro fácil e rápido. Além disso, as taxas de corretagem passaram a ser isentas em muitas corretoras, o que acabou animando os investidores.

Mais perdas do que ganhos

Fazer day trade é para qualquer um? Veja bem: tradar, como se diz no jargão do mercado financeiro, é lícito para pessoas com mais de 18 anos e que sejam cadastradas em uma corretora. Em tese, basta isso. Mas na prática não funciona bem assim. Como as oscilações são grandes, quem quer entrar neste universo vai ter que ter muito sangue-frio. É preciso se policiar para não comparar ganhos ou perdas com os resultados de outros investidores. E você vai ter que encarar o trade quase como uma profissão, porque dificilmente você terá tempo ou cabeça para outras tarefas.

Mas é possível ganhar dinheiro fazendo day trade?

Sim, mas é algo bastante complicado. Para cada grupo de 10 pessoas que trabalham com day trade, 9 perdem dinheiro – e este é um dado da própria Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a partir de um estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas. Por isso, 90% dos investidores que começam a fazer trades desistem da estratégia logo no primeiro ano de operação. O ideal é que, antes de se lançar no universo do day trade, você use os simuladores das corretoras e teste tanto seus conhecimentos quanto suas emoções.

Glossário  Bolsa de Valores Ir para: Verbetes

Conheça os termos mais importantes para enriquecer a sua Inteligência Financeira

Direto ao Ponto
Ifix

O Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários (IFIX) foi criado em 2012 pela B3 para mostrar o retorno médio dos fundos imobiliários.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Blue Chip

Blue chips (ou large caps) são empresas listadas na Bolsa de Valores e que têm valor de mercado acima de R$ 40 bilhões.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Oferta hostil

Também conhecida como aquisição hostil, a oferta hostil acontece quando uma empresa ou um grande investidor toma o controle de uma companhia listada em Bolsa, comprando suas ações.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
Acionista

Acionista é o investidor pessoa física ou jurídica que tem uma ou mais ações – ou até frações - de uma empresa.…

Leia Mais Ir para:
Direto ao Ponto
B3

A B3, sigla para ‘Brasil, Bolsa e Balcão’, é a Bolsa de Valores do Brasil, que está sediada em São Paulo.…

Leia Mais Ir para:
Swiper Próximo
Swiper Anterior

Você também pode gostar 🔽

Redação IF Publicado em 15.ago.2022 às 11h57
Minério de ferro recua 4,1% no norte da China, para US$ 104,40 por tonelada

Os preços do minério de ferro iniciaram a semana em forte queda no mercado transoceânico, em meio à inesperada desaceleração da economia chinesa em julho. O país asiático é o maior consumidor da commodity no mundo. No norte da China, o minério com teor de 62% de ferro caiu 4,1%, para US$ 104,40 por tonelada, […]

Redação IF Publicado em 15.ago.2022 às 11h52
Cosan tem Ebitda no 2º tri acima do consenso, com melhores volumes em Raízen, diz Goldman Sachs

O Goldman Sachs tem recomendação neutro para as ações da Cosan, com preço-alvo de R$ 20,40, abaixo do valor de R$ 21,03 negociado no momento na B3

Valor Econômico Publicado em 15.ago.2022 às 11h39
No vermelho, Natura vai enxugar a holding

Se cortes tivessem sido feitos em 2021, as despesas corporativas poderiam ter caído 40%, diz CEO global

Redação IF Atualizado em 15.ago.2022 às 07h19
Gestores de ativos apostam alto em criptomoedas, apesar de queda do mercado

Movimentação de casas tradicionais em investimentos, como Abrdn, BlackRock, Schroders e Charles Schwab, sinaliza maior aceitação de ativos digitais

Itaú Meu Negócio