Glossário IF: O que é desdobramento de ações?

Quando uma empresa quer aumentar sua liquidez e o interesses por suas ações, faz desdobramento de ações. Saiba mais sobre o que isso quer dizer para seus investimentos no Glossário IF

Neste Glossário IF, vamos falar sobre desdobramento de ações: o que é e como funciona na prática.

Já explicamos o que é uma ação, mas é bom retomar o conceito: ação é um pedacinho de uma empresa. Se o negócio é um bolo inteiro, uma ação é uma fatia. E uma fatia importante, diga-se de passagem, porque ao ter uma ação, os acionistas garantem direitos e deveres de sócio na empresa. Mas você sabia que a quantidade de ações de uma empresa pode ser desdobrada?

O desdobramento de ações, que também é chamado de split, é feito por empresas que são negociadas na Bolsa de Valores. Elas dividem suas ações com o objetivo de reduzir o preço. Ou seja, o número de ações negociadas muda e o preço delas cai na mesma proporção, sem alterar o valor total do investimento.

Como funciona o desdobramento de ações

Se você tem 100 ações e cada uma custa R$ 10, você tem R$ 1 mil investidos, certo? Tempos depois, a empresa decide fazer o tal do desdobramento de ações. Ela anuncia que dividiu cada ação em duas, por exemplo. As ações são literalmente divididas, mas o valor total segue o mesmo. Então, você passa a ter 200 ações pela metade do preço inicial: R$ 5 cada. E o valor total investido não é alterado, continua R$ 1 mil.

E você pode me perguntar: se o valor continua o mesmo, para que fazer isso? O desdobramento provoca um aumento no interesse pelas ações porque alguns investidores entendem a tomada de decisão como sinônimo de sucesso lá adiante. O objetivo do desdobramento é diminuir o preço da ação. Assim, mais investidores, inclusive os pequenos, compram e vendem os ativos. Isso aumenta a liquidez da companhia e acaba deixando mais gente interessada nestas mesmas ações.

Saiba mais sobre o desdobramento de ações e o que ela pode significar seus investimentos. Veja o Glossário IF!