Preço de seguro de carro sobe em março depois de um mês estável

Serviço aumentou 12,8% para mulheres e 8,8% para homens

Consigo trocar de carro com o dinheiro que tenho?
– Ilustração: Marcelo Andreguetti

Pontos-chave

  • Índice mostra que os jovens motoristas pagam mais
  • Cidades com até 5 mil habitantes têm o seguro mais barato do mercado

A TEx divulgou os números de março do Índice de Preços do Seguro Automóvel (IPSA), que apontou um crescimento de 0,1 ponto percentual no valor do seguro. O estudo aponta a variação mensal dos preços do seguro auto de acordo com gênero, região, faixa etária e idade do veículo.

O IPSA indicou que o valor do seguro aumentou em março após permanecer estável entre janeiro e fevereiro. No primeiro mês do ano, por exemplo, ao contratar o serviço para um automóvel de R$ 50 mil, o Índice estava fixado em 5,7% e o segurado pagava R$ 2.850 pelo serviço. Em fevereiro o valor foi o mesmo.

Inflação para mulheres foi maior do que para os homens

O estudo também traz informações quanto a evolução dos valores por gênero e indica que o índice do seguro por gênero aumentou, tanto para o feminino, quanto para o masculino. Se comparado com o mesmo período do ano anterior, o índice feminino aumentou 12,8%, e o masculino 8,8%.

Quando a comparação é por faixa etária, o índice mostra que os motoristas mais novos costumam pagar mais pelo seguro. A ‘geração Z’ (1990-2014) paga 8,5%, quase o dobro do que os ‘Baby Boomers’ (1943-1964), que pagavam 4,5%.

Quanto menor a cidade, mais barato é o seguro

A região que o segurado reside também é um dos fatores analisados para definição do preço dos seguros. Cidades que possuem até 5 mil habitantes possuem o seguro mais barato do mercado, enquanto os motoristas de cidades entre 5 e 10 mil habitantes pagaram o maior valor.

Outros fatores que interferem nos preços dos seguros são a idade do veículo, o preço dele na tabela Fipe e a quantidade de KMs rodados. O estudo aponta que o valor do seguro para um carro usado, de 6 a 10 anos, custa quase o dobro de um zero KM.

O índice é produzido com base nos dados do TEx Analytics, ferramenta de inteligência de mercado desenvolvida pela companhia e é dividido em seis indicadores, medindo a inflação geral e levando em consideração segurados de ambos os sexos de todo o país.

Com conteúdo do site Valor Investe, um veículo Globo Notícias


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 16.maio.2022 às 16h08
Por dentro de uma reunião dos devedores anônimos

Irmandade ajuda as pessoas a se livrarem do vício das compras

Anne Dias Publicado em 13.maio.2022 às 07h00
Qual é o peso da sorte e do azar no mundo dos investimentos?

O antídoto contra esta sexta-feira (13) no seu bolso é a educação financeira

Redação IF Publicado em 12.maio.2022 às 12h41
Magalu lança conta digital sem mensalidade e cartão de crédito para empresas

A fintech Magalu anunciou nesta quinta-feira o lançamento de dois produtos, um cartão de crédito corporativo e uma operação de empréstimo pessoal para pessoas físicas

Valor Econômico Atualizado em 10.maio.2022 às 18h05
IR: restituição de quem deixou declaração para última hora poderá ser maior

Estratégia está sendo usada por contribuintes que apostam em alta no índice de correção dos valores que precisam ser repassados pela União

Isabella Carvalho Atualizado em 12.maio.2022 às 11h28
Pix parcelado: vale a pena usar?

Conheça a funcionalidade e as taxas cobradas, e saiba se a novidade é uma cilada