Veja o quanto a redução de ICMS vai impactar no bolso dos consumidores de SP

Estudo mostra que a redução do ICMS de 25% para 18% em São Paulo fará com que o álcool, gasolina e até energia elétrica fiquem 8,54% mais baratos

Imposto de Renda, Tesouro Direto, Renda Fixa, Títulos Públicos, Papéis, Investimentos, Dúvidas, Declaração, Onde Investir, Como declarar, Imposto
– Ilustração: Felipe Mayerle

Pontos-chave

  • Uma pessoa que pagaria R$ 1.000 de energia passará a pagar R$ 914,63, por exemplo

A redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre alguns produtos, especialmente sobre os combustíveis, foi uma medida incentivada pelo governo federal e adotada por alguns estados, como é o caso de São Paulo, para ajudar a desacelerar a inflação.

Afinal, a alta do gasolina, álcool e diesel refletem também no preço de outros produtos. Porém, será que a medida já está sendo sentida no bolso do consumidor? Um estudo da Confirp Contabilidde mostrou o impacto da redução em diferentes setores.

Produtos quase 10% mais baratos

O estudo mostrou que a redução do ICMS de 25% para 18% em São Paulo fará com que o álcool, gasolina, querosene, energia elétrica e até mesmo serviços de comunicação fiquem 8,54% mais baratos para a pessoa física. Isso significa que alguém que pagaria R$ 1.000 de energia passará a pagar R$ 914,63, por exemplo.

“Infelizmente existem muitas empresas que buscarão ganhar lucro com essa medida, por isso é preciso atenção, contudo, acredito que parte das empresas já repassarão essas reduções diretamente ao consumidor final. Lembrando que a redução também deveria ser repassada a toda cadeia impactada com as reduções, mas isso é mais complexo”, afirma Welinton Mota, diretor tributário da Confirp Contabilidade.

Com conteúdo do site Valor Investe, um veículo Globo Notícias