Juro bancário é o maior em seis anos; saiba como não depender dos bancos

Em 2021, a taxa média cobrada foi de 33,9% ao ano

Juros bancarios aumentam
– Ilustração: Inteligência Financeira

Pontos-chave

  • No cheque especial, a taxa média foi de 127,6% ao ano
  • Melhor caminho é organizar as finanças

O Banco Central (BC) informou que o juro bancário médio com recursos livres de pessoas físicas e empresas chegou a 33,9% ao ano em dezembro do ano passado. O juro bancário médio com recursos livres não conta os setores habitacional, rural e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Em 2020, o juro estava em 25,5% ao ano. Com isso, foi registrado um aumento de 8,4 pontos percentuais em 2021 — a maior variação desde 2015, quando a taxa cresceu 9,9 pontos percentuais.

O crescimento do juro bancário também superou a alta da Selic, que é definida pelo BC para tentar conter a inflação. A Selic avançou de 2% para 9,25% ao ano em 2021.

Juros por categoria

Veja abaixo o levantamento feito pelo BC que mostra os valores médios dos juros cobrados pelos bancos:

Para empresas

A taxa média cobrada para empresas subiu para 20% ao ano em dezembro do ano passado (a maior desde janeiro de 2019, em 20,3% ao ano), contra 11,6% ao ano no fim de 2020.

Para pessoas físicas

Os juros médios nas operações com pessoas físicas subiram para 45,1% ao ano, e foi a maior desde março de 2020, que chegou a 46,4% ao ano), contra 37,2% ao ano no fim de 2020, uma alta de 7,9 pontos percentuais.

Cheque especial

No cheque especial, a taxa chegou a 127,6% ao ano, contra 115,6% ao ano no fim de 2020.

Cartão de crédito

O cartão de crédito rotativo cobrou em média juros de 349,6% ao ano, maior taxa desde agosto de 2017, quando foi registrado 392,3% ao ano).

Como não depender dos juros dos bancos?

A melhor maneira de você não depender dos juros bancários é tendo a organização das suas finanças sob controle. O caminho é ter na ponta da língua seus ganhos líquidos, os gastos, sem nunca esquecer os planos e sonhos de consumo, porque tudo isso é importante para sua vida. Quanto mais detalhado você tiver isso, por escrito ou com a ajuda de um aplicativo, melhor. E sempre envolvendo toda família.

Com reportagem do G1


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 07h34
Câmara amplia teto do crédito consignado a 45% e autoriza desconto até em programa assistencial

Modalidade de empréstimo desconta imediatamente parte da renda da pessoa para quitar o financiamento

4 min
Redação IF Atualizado em 29.jun.2022 às 19h19
Pedro Guimarães oficializa pedido de demissão; governo escolhe Daniella Marques como nova presidente da Caixa

Tida como braço-direito de Paulo Guedes, atual secretária especial tem apoio da equipe econômica para assumir o cargo

4 min
Redação IF Publicado em 29.jun.2022 às 12h06
Confira a trajetória de Pedro Guimarães, presidente da Caixa alvo de denúncias de assédio

Executivo é conhecido pela proximidade com Bolsonaro, viagens pelo Brasil e 'caça às bruxas'

6 min