Empreendedor: nunca ignore cálculos e dados

Para a especialista em empreendedorismo Flávia Paixão, números mostram o caminho para o sucesso

Flávia Paixão, ilustração
A administradora de empresas e influenciadora Flávia Paixão. – Ilustração: Inteligência Financeira

Pontos-chave

  • Para conseguir convencer um investidor, é preciso que ele acredite no negócio e em você
  • Existe dívida boa, mas o empreendedor deve identificar o retorno do investimento

É preciso ter tempo para ler o currículo da administradora de empresas e influenciadora Flávia Paixão, porque a experiência da moça é vasta. Mentora, empresária, embaixadora do Sebrae Delas, apresentadora, palestrante, youtuber. Flávia é especialista em Gestão de Pequenos Negócios e em Marketing Digital, e é palestrante dentro e fora do Brasil. Participou como consultora empresarial em projetos como o Programa de Qualificação para Exportação, da Apex-Brasil. É mentora no The Founder Institute, o maior programa do mundo para lançamento de startups. Flávia ainda é parceira do Women’s Business Center- Washington DC, Embaixadora Ibero- Americana de Jovens Empresários e representante na Bahia da Singularity- Universidade de Inovação, criada em parceria pelo Google e pela Nasa. Ufa!

A voz de Flávia vem ecoando pelas redes sociais. No Instagram, cerca de 12 mil pessoas seguem seus conselhos. No YouTube, 1 milhão de empreendedores já viram seus vídeos. Por volta de 10 mil pessoas assistiram suas palestras. E poderíamos ficar mais algumas linhas descrevendo Flávia. Melhor do que traduzi-la em números é ler o que Flávia diz. E ela concedeu a entrevista abaixo à Inteligência Financeira. Aproveite para se inspirar!

Quais são os principais erros relacionados ao dinheiro que o empreendedor comete?

Não saber lidar com dinheiro, ter dificuldade de formar reservas financeiras, não saber fazer um planejamento, ignorar por quanto tempo ele consegue pagar as contas da empresa caso haja uma redução no faturamento. Outro ponto é não compreender os indicadores de negócio, não saber a partir de quanto a empresa precisa vender para poder começar a gerar lucro, por exemplo.

O que os empreendedores não podem fazer em se tratando de dinheiro?

Empreendedor tem que ter inteligência financeira. A gente discute muito e coloca pouca coisa em prática. O que um empreendedor nunca pode fazer é ignorar os cálculos, porque as respostas não são óbvias. Então, analise, faça as contas, monte um indicador em cima disso e tome suas decisões.

Existe dívida boa para os empreendedores?

Existe sim. Se ele compra um software que pode melhorar o atendimento, a produtividade e gerar mais resultados, por exemplo. Mas, para identificar se uma dívida é boa ou não, o empreendedor precisa saber analisar os números e identificar o retorno deste investimento. Mais uma vez: faça contas antes de tirar a ideia do papel. 

Onde e como o empreendedor pode conseguir crédito? 

A primeira coisa a fazer antes de ir buscando dinheiro no mercado é compreender para que o empreendedor quer o crédito. E o segundo passo a partir disso é entender o tipo de crédito que ele precisa. Se for, por exemplo, para compra de equipamentos de energia sustentável, ele tem que identificar quais são as instituições que disponibilizam esse tipo de crédito. O BNDES tem muito crédito, tanto para capital de giro como para melhoria de processo. Tem também microcrédito da Caixa e de grandes bancos, como Santander. Um tipo de crédito que o empreendedor ainda não conhece é o crowdfunding, uma espécie de “vaquinha”, na qual você pode pode apresentar um projeto e mostrar o que a empresa faz, seus objetivos e seus números.

Quais argumentos usar para convencer investidores a entrarem na sociedade?

Vejo muitos empreendedores despreparados e desesperados para conseguir crédito. Eles têm a postura do “eu estou precisando”. Esse caminho é ruim. O melhor é dizer: “o meu negócio tem potencial”. E é isso o que ele precisa mostrar para o banco ou para investidores. É preciso ter um bom levantamento dos números, com indicadores de crescimento, uma análise de mercado, como está seu concorrente, como esse mercado está crescendo, qual o potencial da empresa.

Além dos dados, o que mais os empreendedores podem mostrar para os investidores?

O empreendedor que está por trás da ideia também é fundamental. Já participei de algumas rodadas com startups eu vi investidores que entram em um negócio não por causa da empresa em si, mas pela pessoa que estava por trás do negócio que mostrou ser determinada, que conhecia números e que estava antenada às novidades e com as inovações do mercado.

Como conseguir convencer um investidor a entrar na sociedade?

Para conseguir convencer um investidor, você tem que fazer com que o ele acredite no seu negócio e acredite em você, porque muitas vezes aquela ideia pode até não ir para frente, acontece. Mas o mercado valoriza pessoas que passaram por experiências, ainda que tiveram em negócios que não deram certo, mas que mostrem que essa pessoa está preparada para buscar resultados, nem que seja mudando o modelo de negócio, a trajetória ou o nicho onde está inserida.

Como não misturar o dinheiro da pessoa física com o da empresa?

Todo empreendedor tem que ter disciplina, entender o que que é dele e o que é da empresa, compreender quanto ele precisa para viver. Só que muitas vezes o empreendedor confunde o que é dele com o que é da empresa. Ele tem um carro no nome da pessoa física e usa esse carro para fazer delivery para o negócio. Um outro ponto que impacta bastante é que não é não é obrigado ter uma corrente pessoa jurídica e muitas vezes o que se usa é uma conta pessoa física. Isso dificulta ainda mais a separação, em muitos casos o próprio MEI ou até mesmo o próprio empreendedor que já tenha muitas vezes o faturamento relevante tem a dificuldade de saber se está tendo lucro ou prejuízo, se ele não separa as contas de pessoa física da pessoa jurídica.


Você também pode gostar
Entrevista da Semana Publicado em 29.jun.2022 às 09h23
Como o empreendedor pode se destacar dos concorrentes?

O que fazer para chamar a atenção do cliente? A empreendedora Isabela Akkari conta sua história na Entrevista da Semana

Diogo Rodriguez Publicado em 27.jun.2022 às 17h04 Duração 1 min.
Empreender não é fácil!

Quem não queria ter a grana da Luiza Trajano ou da Anitta? Mas o empreendedorismo é um processo trabalhoso

Entrevista da Semana Atualizado em 22.jun.2022 às 15h30
Por que é tão difícil empreender no Brasil?

Por que é tão difícil empreender no Brasil e quais são os erros de quem está começando? Flávia Paixão responde a essas e outras perguntas

Anne Dias Publicado em 16.jun.2022 às 07h00
Reserva de emergência: como ter dinheiro guardado?

A planejadora financeira Sigrid Guimarães mostra o que levar em consideração

Anne Dias Atualizado em 08.jun.2022 às 19h23
Dica do especialista: fundos imobiliários para aumentar a renda com dividendos

Fundos imobiliários são uma boa opção por estarem com preços descontados