Quer ganhar dinheiro correndo? Plataformas de criptos pagam para você se exercitar

É o move-to-earn, que dá recompensas para você ir até o quintal ou fazer uma maratona

Cashback, compra online, recompensa em dinheiro
– Ilustração: Renata Miwa

Pontos-chave

  • Na Sweatcoin, mil passos valem 1 token, e 8 mil tokens dão um voucher de US$ 20 na Amazon
  • Especialistas garantem que é possível ganhar dinheiro, mas recomendam não arriscar demais

A corrida melhora o sono, diminui o estresse, ajuda a controlar o colesterol, aumenta a autoestima e ajuda a combater a depressão. Calma! Este ainda é um texto sobre investimentos. É que uma nova tendência, o move-to-earn, virou febre na criptosfera e agora as pessoas estão correndo para ganhar recompensas que podem virar dinheiro. 

O que é o move-to-earn 

Quem corre já deve ter usado algum aplicativo que mede a distância percorrida, traz um histórico dos exercícios e ajuda a compartilhar resultados nas redes sociais. Essas plataformas apostam em recompensas, como selos e alertas de cumprimento de meta para incentivar os usuários a correr mais. Agora, alguns aplicativos estão indo além das recompensas e dando NFTs, tokens e até criptomoedas para os jogadores que se movimentam. E aqui usamos o exemplo da corrida, mas você pode ser recompensado por ir do quarto para o quintal de casa. 

Stepn 

Este é o aplicativo mais famoso do tipo move-to-earn. Para começar a ganhar as recompensas, é preciso comprar um NFT de tênis, que tem duração limitada. Após “calçar o tênis”, o usuário é recompensado. Os prêmios podem ser em forma de um token nativo do jogo, o GST (Green Satochi Token) ou um token de governança, o GMT (Green Metaverse Token). Quando o GMT começou a circular, no dia 9 de março, valia apenas R$ 0,7. Hoje, após uma valorização de 2.141%, o criptoativo valia R$ 15,69 no momento do fechamento desta reportagem. 

Sweatcoin 

Principal concorrente do Stepn, o Sweatcoin não exige que os usuários comprem NFTs para ganhar recompensas. Eles são recompensados com SWEATs, tokens que podem ser trocados por vouchers na Amazon ou Under Armour, por exemplo. A loja virtual, porém, dá acesso a varejistas norte-americanas apenas. Para ganhar um SWEAT, é preciso dar mil passos. Nesta quarta-feira (20), 8.000 SWEATs podem ser trocados por um voucher de US$ 20 da Amazon nos EUA. Usando essa recompensa, dá para dizer que cada passo vale US$ 0,0000025.

Um diferencial do Sweatcoin é que o app usa o Google para contar os passos em segundo plano. Não é preciso ficar com o aplicativo aberto para que ele conte quantos passos você deu no dia. Os US$ 0,0000025 podem parecer pouco, mas, considerando que andar é uma atividade que a maioria das pessoas faz sem recompensa alguma, pode valer a pena investir alguns minutos para configurar o app. 

A empresa londrina que está por trás do aplicativo já anunciou que vai lançar sua própria criptomoeda, a Sweatcoin, para remunerar usuários. Assim, no futuro, será possível trocar os passos dados na plataforma por reais ou dólares. 

A tendência veio para ficar?

Para especialista, o move-to-earn não é apenas “modinha”. “Podemos encarar esse movimento como aplicativos e jogos mais sérios. Têm causa nobre, que é proporcionar saúde ao usuário e tendem a se manter ao longo dos anos”, diz Yuri Fernades, CIO da BitPreço. 

Para ele, as principais plataformas têm tokenomics sustentáveis. Tokenomics é um termo usado para definir um ecossitema por trás dos tokens que uma plataforma oferece. Se você não consegue trocar os tokens que um jogo ou app oferece, não há tokenomics e aqueles ativos são praticamente inúteis, o que não é o caso das plataformas move-to-earn. 

Um dos fatores que pode contribuir para a continuidade dessas plataformas é a entrada de grandes players, como Nike e Adidas. Essas marcas já têm ativos criados exclusivamente para o metaverso e podem se interessar por projetos como o Stepn. Para Raquel Vieira, especialista em criptomoedas da Top Gain, “não estamos muito distantes” da entrada de grandes marcas nessa tendência. 

Dá mesmo para ganhar dinheiro? 

Não é possível dizer quanto você pode ganhar ao entrar em uma dessas plataformas. Especialistas garantem que dá para trocar seus passos por reais, mas é preciso saber “jogar o jogo” que as plataformas propõem. Yuri Fernandes explica que esses aplicativos sempre vão incentivar que o usuário invista nas plataformas. Mesmo que o Sweatcoin não exija um NFT de tênis para começar a ganhar recompensas, oferece um plano mensal para dobrar os ganhos com os passos dados. “Precisa ter muita paciência e evitar tomar grandes riscos. É um mercado muito novo, então é necessário ter cuidado”, diz Fernandes. 


Você também pode gostar
Manhã Inteligente Publicado em 23.maio.2022 às 11h02
Dados da inflação, Fórum Econômico Mundial, preços dos combustíveis

Isabella Carvalho e Victor Vietti falam sobre esses e outros assuntos que podem afetar seus investimentos

Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 10h20
Redação IF Publicado em 23.maio.2022 às 09h29
Quais ativos estão na mira dos gestores e quais geram mais pessimismo?

Mapeamento revela as expectativas para 33 investimentos