Qual é o segredo para ganhar dinheiro com ETF?

Você precisa entender a estratégia do investimento e usar a transparência da gestão a seu favor

– Ilustração: Marcelo Andreguetti/IF

Pontos-chave

  • Existem 600 mil investidores de ETF no Brasil
  • No mundo todo, os fundos de índice receberam US$ 1 trilhão pela primeira vez no ano passado

Você já ouviu falar em ETFs, os fundos replicam o desempenho de índices, como o Ibovespa? Pode até ser que sim, afinal nunca tantos brasileiros investiram nesses papeis. “Já temos 600 mil investidores de ETF no Brasil”, diz Solly Sayeg, especialista em fundos de índice da Teva Indices, em entrevista concedida à Inteligência Financeira.

No mundo todo, os fundos de índice receberam US$ 1 trilhão pela primeira vez no ano passado. Não é para menos: este é um ativo bem fácil para você investir e barato. ETFs estão disponíveis em home brokers, e podem ser compostos por ativos de renda fixa, variável, criptomoedas e de ouro. Segundo Sayeg, a taxa de administração costuma ser baixa, de cerca de 0,4% – contra 2% dos fundos tradicionais -, a liquidez é alta e você pode investir a partir de R$ 10.

O pulo do gato para você, investidor e investidora

E qual é o pulo do gato para o investidor que está pensando em comprar ETFs? “É ter as informações corretas para entender a estratégia de investimento e entender o papel de cada ETF dentro do portfólio do investidor”, afirma Sayeg. Ou seja: não basta deixar o dinheiro lá e esperar pela mágica. “É importante conhecer o propósito do ETF, a metodologia do gestor e quais ativos são selecionados”, afirma Sayeg.

Qual é o papel do gestor?

Agora, se o ETF segue um índice, por que você precisa pagar pelo trabalho do gestor? “Porque o objetivo do gestor é acompanhar o dia a dia da carteira de ETF e, nos períodos de rebalanceamento, ele deve garantir que o ETF vai seguir o propósito de investimento no índice”, afirma Sayeg.

Fique de olho nesses setores

O especialista afirma que existem pelo menos dois setores que se destacam quando o assunto é ETF. “Nos últimos meses, as melhores performances ficaram com os índices de energia e saúde, que são considerados defensivos em momentos de maior turbulência.”

A entrevista completa você confere abaixo:


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 27.jun.2022 às 08h44
IF Hoje: Indicadores da atividade econômica nos EUA são destaque

No Brasil, atenções estão no risco fiscal e na mudança de gestão na Petrobras

Valor Econômico Publicado em 27.jun.2022 às 07h48
Risco-Brasil aumenta e ativos locais têm piora com discussão fiscal

Medidas em debate para mitigar alta dos combustíveis geram desconfiança entre investidores

íon Itaú Publicado em 25.jun.2022 às 09h00
5 Frases de Star Wars para você se tornar um ‘Jedi dos investimentos’

Nas falas dos personagens da franquia, é possível identificar lições financeiras – e a gente te mostra como

Papo de Finanças Publicado em 24.jun.2022 às 17h04 Duração 8 min.
Como ter segurança nos investimentos?

Você está se sentindo aflita com tanta instabilidade na economia? Nina Silva explica o que fazer em momentos tão tensos