Já ouviu falar em retorno absoluto? Entenda o racional desta estratégia

Ele não se preocupa com benchmark, mas em dar a maior rentabilidade possível

Imposto de Renda, Fundos de Investimento, Investimentos, Fundos, Corretoras, Dúvidas, Declaração, Onde Investir, Como declarar, Imposto
Ilustração: Felipe Mayerle

Pontos-chave

  • Conceito é aplicado aos fundos de investimento
  • A flexibilidade é uma das características mais valorizadas nessa estratégia

Quanto mais nos aprofundamos no mundo dos investimentos, mais siglas e expressões novas vão aparecendo. E ampliar o vocabulário econômico é importante para ganhar fluência no economês e conhecer novas estratégias. Desta vez, vamos falar sobre o conceito de retorno absoluto e mostrar como a maior casa de investimentos do país trabalha com isto. 

O que é retorno absoluto?

Se você investe em fundos ou já teve a curiosidade de pesquisar sobre alguns, deve ter visto na página oficial da gestora uma comparação do desempenho do fundo com o principal indicador daquela área. Se o fundo é de renda fixa, é comum ver uma comparação de seu desempenho com IPCA ou DI. No caso dos fundos de ações, o investidor pode se deparar com comparações com o índice de small caps ou Ibovespa. 

Acontece que muitos fundos nascem com o objetivo de bater um desses índices, chamados de benchmarks, que são as referências de um mercado. Outros, porém, nascem apenas com o objetivo de lucrar, não importando se o Ibovespa subiu 10% ou 25% no ano. Esses últimos são fundos de retorno absoluto. 

“Estamos falando sobre um fundo de renda fixa que não se preocupa em bater IPCA, câmbio ou DI, se preocupa apenas, dentro do parâmetro de volatilidade desenhado para ele, em ter o maior retorno possível”, explica Arlindo Penteado, diretor de desenvolvimento de negócios na Itaú Asset. 

Dentro do nicho de retorno absoluto estão estratégias de fundos multimercados, renda variável, renda fixa e crédito estruturado. A flexibilidade é uma das características mais valorizadas nessa estratégia. 

Como funciona o retorno absoluto na prática

Olhar para a estratégia da Itaú Asset dá uma noção de como esse assunto é importante. A instituição anunciou no começo de maio a criação de mais um time dentro da sua estrutura multimesas, que vai operar a categoria de retorno absoluto. O time, batizado de Artax, está estruturando produtos que serão disponibilizados em junho com estratégias multimercados macro e renda fixa em fundos e previdência. “A mesa é mais uma ação de investimento na direção de tornar o multimesas uma estratégia cada vez mais rica, e não para por aqui”, diz Penteado. 

A estratégia chega no bolso dos investidores através dos fundos da Asset, que oferece fundos dedicados na classe multimercados – inclusive com atuação de robôs -, renda variável e renda fixa. 

“A estrutura multimesas veio para consolidar esse nosso posicionamento, oferecendo produtos sofisticados e inovadores, demandados pelos clientes e que nos levaram à liderança também na categoria de retorno absoluto brasileiro”, diz Carlos Augusto Salamonde, CEO da Itaú Asset


Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação

Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 25.maio.2022 às 08h55
Inflação: pequenas mudanças driblam a disparada dos preços

Com regras simples, você vai tomar as melhores decisões para o seu bolso

Glossário IF Publicado em 24.maio.2022 às 17h24
B3: como surgiu, qual é sua história, o que ela faz?

A Bolsa de Valores brasileira é uma das dez maiores do mundo e a maior da América Latina. Saiba mais no Glossário IF

Redação IF Atualizado em 25.maio.2022 às 08h00
Nubank renova mínimas históricas e já vale menos que o BTG. Efeito colateral do fim do lock-up?

Valor de mercado do Nubank corresponde a menos de um terço do Itaú, que vale US$ 48,8 bilhões; no IPO em dezembro, o Nubank estreou com valor de US$ 41,5 bilhões

Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 11h20
Dólar inverte sinal e passa a cair abaixo de R$ 4,80

Moeda americana era negociada a R$ 4,78 na mínima do dia

Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 10h23
Presidente do Bradesco diz que inflação deve começar a ficar ‘mais controlada’ a partir de 2023

Octavio de Lazari Junior acredita também que a taxa de juros 'só poderá ser reduzida no ano que vem'

Redação IF Publicado em 24.maio.2022 às 07h56
Citi: nova troca cria riscos na estratégia de longo prazo da Petrobras

Banco destaca em relatório uma 'significativa interferência externa' na empresa