É hora de focar toda a sua carteira em renda fixa?

Apesar de mais previsível, a classe de ativos tem alguns riscos que você deve ficar de olho

Livros mais vendidos de economia e finanças
Quais os livros mais vendidos de economia e finanças no Brasil? – Ilustração: Renata Miwa

Pontos-chave

  • Títulos prefixados ou atrelados à inflação podem ser boas alternativas
  • Além de diversificar, enxergar o tempo de cada produto é fundamental

Com a renda fixa em alta, muitos investidores se perguntam: é hora de focar toda a carteira de investimentos nela? Tudo depende do seu perfil e do seu momento. “Você precisa levar em consideração seu apetite ao risco e o quanto consegue conviver com a carteira fora da renda fixa. De um modo geral, é sim um bom momento para pensar nessa modalidade de investimento”, ressalta Ricardo Hiraki, educador financeiro e diretor da Plano Fintech de Educação Financeira.

Em que investir?

Segundo Ricardo, mesmo na renda fixa, a dica é diversificar. “A renda fixa se tornou atrativa, principalmente para o investidor que não quer arriscar hoje. Mesmo assim, existem diversos caminhos para investir. Comprar títulos prefixados ou atrelados à inflação pode ser interessante. Você também pode comprar títulos públicos, CDBs ou até mesmo cotas de fundos de investimento”, explica.

Inclusive, de acordo com a Anbima, os fundos de renda fixa tiveram captação recorde em 2021. Só no ano passado, com o aumento da taxa básica de juros, foi captado um volume próximo a R$ 369 bilhões pelas gestores de fundos, com a renda fixa responsável por 58,1% do total — foram R$ 251, 2 bilhões captados. 

Atenção aos prazos

Mesmo sendo aplicações mais previsíveis, até mesmo a renda fixa tem seus riscos. Além de diversificar, segundo Ricardo, enxergar o tempo de cada produto é fundamental. Ou seja: fique de olho na liquidez do ativo e, sempre que possível, obedeça os vencimentos. “O investidor deve tomar um certo cuidado e ficar atento aos prazos. Considerando que a Selic tende a cair no ano que vem, pode ser arriscado comprar títulos muito longos”, ressalta. 

Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 10h21
Criptomoedas iniciam julho no vermelho com bitcoin abaixo de US$ 20 mil

Bitcoin teve sua pior perda trimestral em mais de uma década

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 08h43
Valor Econômico Publicado em 01.jul.2022 às 08h34
Cenário de recessão pode piorar mercado acionário nos EUA, alerta pesquisador

Noriel Roubini considera como 'perigosamente ingênua' a visão de analistas que a recessão será leve e de curta duração