Dica do especialista: fundos imobiliários para aumentar a renda com dividendos

Fundos imobiliários são uma boa opção por estarem com preços descontados

Pontos-chave

  • O pulo do gato é não ter pressa
  • O investidor deve comprar o ativo aos poucos

Viver de renda não é algo aleatório ou um sonho. Você consegue ter uma estratégia de investimentos que te permita viver de renda. Como? Montando uma carteira de ativos que paguem dividendos. Você pode comprar ações de empresas que são consideradas boas distribuidoras de lucros ou investir em fundos imobiliários (FIIs), por exemplo.

No Manhã Inteligente desta quarta-feira (8), Caio Camargo, especialista em investimentos do Itaú Unibanco, ressaltou que, em tempos difíceis, é preciso buscar alternativas que possam auxiliar a renda. “Neste sentido, empresas ou fundos imobiliários que pagam dividendos são uma boa alternativa. Os FIIs são até mais interessantes por estarem descontados, ou seja, os preços estão atrativos”, afirmou Caio.

O pulo do gato é não ter pressa. “O investidor deve ir comprando aos poucos. No começo é sempre mais difícil, mas você vai recomprando produtos que paguem bons dividendos e isso cresce ao longo do tempo. E o FII tem recorrência mensal”, disse Caio.

Sobre o Nosso Manhã Inteligente

Vem com a gente: o Manhã Inteligente acontece de segunda a sexta-feira, aqui no site da Inteligência Financeira e também nas nossas redes sociais (Linkedin e Instagram) e YouTube, sempre às 9h30.

A Inteligência Financeira é um canal jornalístico e este conteúdo não deve ser interpretado como uma recomendação de compra ou venda de investimentos. Antes de investir, verifique seu perfil de investidor, seus objetivos e mantenha-se sempre bem informado.

Investir em quê? Encontre e compare investimentos de todo o mercado

Parceiro da Inteligência Financeira, o Investir em Quê? é sua fonte confiável para buscar onde investir com isenção, transparência e sem complicação


Você também pode gostar
Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h48
Fleury compra Pardini e se aproxima da Dasa no setor de diagnóstico; fusão não altera perspectiva de crescimento, diz Itaú BBA

As ações da Pardini fecharam com alta de 18,99%, negociadas a R$ 19,99, e as da Fleury subiram 16,10%, cotadas a R$ 16,30

Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 18h54
Ibovespa cai 11,50% em junho no pior mês para o mercado local desde março de 2020

Índice perde 5,99% no primeiro semestre; destaque no pregão de hoje, Fleury disparou 16,1% após assinar acordo de fusão com Pardini, que subiu 18,99%

Redação IF Atualizado em 30.jun.2022 às 19h10
S&P 500 registra pior primeiro semestre desde 1970, Nasdaq cai quase 30% no semestre

O índice Nasdaq, que reúne empresas não financeiras e as de tecnologia, caiu mais de 20% nos últimos três meses, seu pior desempenho desde 2008

Redação IF Publicado em 30.jun.2022 às 15h17
Dólar apaga ganhos e fica abaixo dos R$ 5,20

Moeda americana chegou a R$ 5,27 na máxima do dia