Alta dos juros dispara valor das dívidas das empresas; saiba como isso atinge os minoritários

Dos R$ 250 bilhões de recursos captados no ano passado por emissões de debêntures, 76% estão atrelados ao CDI

Virando o jogo: você pode ser credor do governo e de empresas
– Ilustração: Renata Miwa

Pontos-chave

  • Custo mais alto não coloca em questão um risco de solvência para as companhias
  • Haverá uma redistribuição do resultado, que antes ia para o acionista, agora vai também para o credor

As empresas que acessaram o mercado de capitais para vender títulos de dívida em 2021 aproveitando o cenário de Selic baixa verão seus custos com despesas de juros quase dobrar em 2022.

Isso porque, dos R$ 250 bilhões de recursos captados no ano passado por emissões de debêntures, 76% estão atrelados ao CDI.

Esse custo mais alto ainda não coloca em questão um risco de solvência para as companhias, que, na maior parte dos casos, ainda exibem um nível de alavancagem baixo. Mas certamente afetará a rentabilidade das empresas, com efeito direto sobre o lucro e, consequentemente, sobre a capacidade de crescimento no médio prazo.

“O que o juro mais alto provoca é uma redistribuição do resultado, que antes ia para o acionista e, agora, vai também para o credor”, afirma o sócio da gestora de recursos JGP, Alexandre Muller.

O que você tem a ver com isso?

Você, minoritário e minoritária, tem muito a ver com isso. Com o aumento da dívida, a empresa terá seus resultados impactados. E, como bem explicou o sócio da JGP, a companhia vai colocar nessa conta o pagamento ao credor. Assim, a distribuição de dividendos e de juros sobre capital próprio deve ser recalculada.

Com reportagem do Valor Investe


Você também pode gostar
Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 18h00
Ibovespa tem sessão de alta liderada por Petrobras e sobe 0,29% na semana

Entre as baixas, se destacaram empresas do setor de minério de ferro devido à preocupação com a retomada da China

Papo de Finanças Atualizado em 02.jul.2022 às 08h21
Como as eleições interferem nos seus investimentos?

De alguma maneira, seu bolso será afetado pelas eleições do fim do ano. O que pode acontecer? Nina Silva explica

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 15h23
Track&Field anuncia programa de recompra de ações; conheça a estratégia

Muitos motivos levam uma empresa a realizar uma OPA, e você pode ganhar dinheiro com isso

Redação IF Atualizado em 01.jul.2022 às 15h13
Dólar dispara e supera R$ 5,33 com temores de recessão global no radar

Mercado também repercute aprovação de PEC que libera gasto bilionário às vésperas das eleições

Manhã Inteligente Publicado em 01.jul.2022 às 11h11
Queda generalizada nas Bolsas de Valores do Brasil e EUA, PEC aprovada pelo Senado

Isabella Carvalho e Caio Camargo falam sobre esses e outros assuntos que podem afetar seu bolso nesta sexta (1)

Redação IF Publicado em 01.jul.2022 às 10h21
Criptomoedas iniciam julho no vermelho com bitcoin abaixo de US$ 20 mil

Bitcoin teve sua pior perda trimestral em mais de uma década