Como proteger seus planos de viagem, curso ou intercâmbio no exterior com o dólar a R$ 5,63

De acordo com a Anbima, os fundos cambiais foram os que tiveram o melhor resultado entre todos os fundos em setembro, com retorno de 5,18%

Pontos-chave

  • Com o avanço da vacinação e a reabertura das fronteiras, uma parcela dos brasileiros começa a pensar na possibilidade de férias no exterior
  • Como se proteger das oscilações do dólar e demais moedas?
  • Saiba o que você deve avaliar antes de investir em um fundo cambial

Os fundos cambiais, tipos de fundos de investimento que investem em ativos atrelados a moedas estrangeiras, podem proteger seus recursos contra as flutuações de moedas fortes, como dólar e euro. De acordo com dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), os fundos cambiais foram os que tiveram o melhor resultado entre todos os fundos em setembro, com retorno de 5,18%. No período, a classe teve uma captação líquida (aportes menos resgates) de R$ 171,7 milhões.

O Brasil ultrapassou na última terça-feira (19) a marca de 50% da população completamente imunizada contra a Covid-19, de acordo com dados do DataSUS (departamento de informática que centraliza informações do Sistema Único de Saúde). Com o avanço da vacinação e a reabertura das fronteiras, uma parcela dos brasileiros começa a pensar na possibilidade de férias no exterior. No entanto, para quem deseja viajar ao exterior, o câmbio é um desafio.

O dólar está sendo negociado acima dos R$ 5,65, no maior patamar desde abril, acumulando alta de quase 9% em 2021. Como se proteger das oscilações do dólar e demais moedas? A compra de dólares é indicada para quem tem planos de viajar ao exterior. No entanto, outra opção são os fundos cambiais. Fundos cambiais são tipos de fundos de investimento que investem em ativos atrelados a moedas estrangeiras e são indicados para proteger os recursos contra as flutuações de moedas fortes, como dólar e euro.

De acordo com o mais recente relatório Focus, do Banco Central, o mercado prevê o dólar encerrando o ano a R$ 5,25. Na sexta-feira (22), em meio ao vaivém do Auxílio Brasil, contudo, a moeda ultrapassou a marca de R$ 5,60, em um cenário de incerteza. Neste cenário, investir em fundos cambiais como forma de se proteger da variação do dólar, pensando em uma viagem no próximo ano ou para fazer um intercâmbio, pode fazer sentido.

O que você deve avaliar antes de investir

Saiba o que você deve avaliar antes de investir em um fundo cambial:

  • Avalie com atenção quem é o administrador do fundo, o gestor. Você deve perguntar pelo histórico do gestor, como ele se comportou nos diferentes, tanto em momentos favoráveis, de alta da moeda, como também em cenários de queda.
  • A escolha de um fundo cambial deve ser feita quando você tiver uma previsão de despesa em dólar e um prazo “razoável” de investimento. Ou seja, se você planeja viagem de férias, pretende fazer um curso no exterior ou intercâmbio em 2022, vale considerar a opção de fundos cambiais.
  • Especialistas financeiros recomendam o investimento em fundos cambiais para o investidor que considera prazo mínimo de seis meses.
  • Prefira investir pequenas quantias uma vez por mês até a data mais próxima da viagem, de forma a evitar pagar muito caro na divisa americana. A ideia é fazer pequenos aportes de forma a conseguir, no fim do período, um preço médio da moeda.
  • Preste atenção às taxas dos fundos cambiais, ao optar pela aplicação há incidência taxas de administração (busque taxas inferiores a 0,8%). A tributação acontece no momento de resgate. Evite os fundos cambiais que cobram taxa de performance.

Você também pode gostar
Anne Dias Publicado em 20.maio.2022 às 11h12
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 11h04
Dólar cai até R$ 4,89 e juros futuros oscilam perto da estabilidade

Moeda americana se desvaloriza em todo o mundo nesta manhã

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 11h01
Bolsas de NY apontam para recuperação na sessão desta sexta

Mercado americano vem de dois pregões seguidos de queda

Manhã Inteligente Publicado em 20.maio.2022 às 10h40
ETFs de renda fixa, privatização da Eletrobras, queda de lucro de empresas

Isabella Carvalho e Caio Camargo falam sobre esses e outros assuntos que podem afetar seus investimentos nesta sexta (20)

Redação IF Atualizado em 20.maio.2022 às 10h38
O que Elon Musk deve discutir na passagem pelo Brasil

Bilionário terá encontro com o presidente Jair Bolsonaro e empresários

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 09h28
Rio ou São Paulo: onde o aluguel é mais barato?

Se for para investir, cuidado. Até a poupança tem rentabilidade melhor do que a locação

3 min
Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h16
Bolsas asiáticas fecham em alta após China cortar taxa de juros

Mesmo assim, os investidores seguem atentos à perspectiva de aumento dos juros nos EUA

Redação IF Publicado em 20.maio.2022 às 08h09
Fundos de ações de Petrobras e Vale renderam até 25 vezes mais que o FGTS desde o lançamento

Trabalhador poderá usar dinheiro do fundo de garantia para comprar ações da Eletrobras

2 min