Poupança e Investimento

Quando falo em “poupança” não estou me referindo à “caderneta de poupança”. A caderneta é apenas uma forma de poupança.

Há uma diferença conceitual entre poupança e investimento. Aplicações em poupança servem para guardar dinheiro; os investimentos servem para ganhar dinheiro. Caderneta da poupança e outras aplicações em renda fixa, como CDBs, títulos de governo e fundos de renda fixa, são modalidades de poupança, ou seja, dificilmente você ganhará muito dinheiro com esses papéis. Os rendimentos costumam ficar um pouco acima da variação inflacionária. Embora sejam vendidos como investimentos, na verdade, visam apenas garantir o poder aquisitivo do seu dinheiro. A principal vantagem dessas aplicações financeiras é a segurança. Aplicando nesses títulos dificilmente você perde dinheiro.

Os planos de previdência complementar também são formas de poupança. Procure conhecer as vantagens desses planos. Informações sobre previdência complementar você pode obter com detalhes no site da SUSEP – Superintendência de Seguros Privados (www.susep.gov.br), órgão do governo responsável pelo controle e fiscalização dos mercados de seguro, previdência privada aberta e capitalização.

Os títulos de capitalização são formas de poupança, mas não garantem o poder aquisitivo. No final do plano você recebe apenas uma parte do que aplicou corrigido por um índice inflacionário. O título de capitalização é uma mistura de poupança, loteria e seguro de vida. Parte dos valores das aplicações mensais é utilizada para pagamento de prêmios e eventuais seguros.

Os investimentos, ao contrário da poupança, têm como característica a expectativa de grandes rendimentos e de grandes riscos (possibilidade de perdas). De maneira geral quanto maior a expectativa de rentabilidade, maiores os riscos. Exemplos de investimentos são ações, commodities, imóveis, câmbio e negócios próprios.

Para obter mais informações recomendo acessar os sites da Bolsa de Valores (www.bovespa.com.br), da Comissão de Valores Mobiliários (www.cvm.gov.br) e do Banco Central (www.bcb.gov.br). Para saber como investir diretamente em títulos do governo, acesse o site www.tesourodireto.gov.br. Sites de bancos também oferecem muitas informações. Mas, lembre-se de que eles têm interesse em vender seus próprios produtos.

(Extraído e adaptado do Livro Os 7 hábitos das pessoas financeiramente felizes“)