Dívidas de consumo: sempre um mau negócio

 

“Não é nada inteligente trabalhar como um louco só para pagar juros, que não trazem nenhum benefício.”

Fazer dívidas para comprar bens de consumo é quase sempre um mau negócio. Isso vale para o crediário, cartão de crédito, cheque especial, empréstimo consignado, etc.

Compras a prazo só dão prejuízo, não só do ponto de vista financeiro, como também emocional.

Eis algumas razões para não fazer dívidas de consumo:

  • As dívidas geram juros, que são gastos inúteis. É algo que você paga e não usufrui.
  • Além de não satisfazer nenhuma necessidade, os gastos com juros impedem a satisfação de outras necessidades, pois é dinheiro desperdiçado que poderia seu usado para comprar alguma coisa que trouxesse bem-estar e prazer.
  • Quando você está endividado você perde poder, fica dependente e sua autoestima despenca.
  • As dívidas de consumo aumentam a concentração de renda. Os donos das financeiras ficam cada vez mais ricos enquanto você fica cada vez mais pobre.

(Extraído do Livro Os 7 hábitos das pessoas financeiramente felizes“)