Consequências do desequilíbrio financeiro

Não é a quantidade de dinheiro no bolso, mas o desequilíbrio financeiro que afeta o bem-estar das pessoas e influencia de forma negativa a vida profissional, a saúde e os relacionamentos. Problemas financeiros estão associados a uma série de doenças físicas e psicológicas, como dependências químicas, estresse e depressão. No campo profissional podem ser relacionados a desânimo, desmotivação, desatenção, acidentes de trabalho e queda de produtividade. Na família é a causa de boa parte dos casos de violência familiar e separações conjugais.

Os problemas financeiros não se resolvem com aumento da renda. Para a grande maioria das pessoas, o desequilíbrio financeiro cresce na proporção direta de seus vencimentos, porque elas continuam mantendo os mesmos hábitos inadequados.

(Extraído do Livro Os 7 hábitos das pessoas financeiramente felizes“)