Mesada: cuidado com os sabotadores

Mesada: cuidado com os sabotadores (Educação Financeira 13)

Os sabotadores podem ser os avós, os tios, os padrinhos e os próprios pais, especialmente quando estão separados. Todas essas pessoas devem ter conhecimento do processo educativo em curso e todos devem colaborar. E, principalmente, não atrapalhar. A educação da criança deve vir em primeiro lugar.

Avós, tios e padrinhos costumam dar dinheiro para as crianças. Aos pais cabe a responsabilidade de manter o processo de educação financeira, orientando sobre o uso racional e inteligente desses “abonos”. É uma ótima oportunidade de treinamento para situações similares na vida adulta: o recebimento do décimo-terceiro salário, de um abono, comissões ou participação nos lucros de empresa.

Os pais devem estar alerta. A educação financeira vai por água abaixo se os parentes sabotarem – mesmo sem intenção – o processo da mesada. Por isso, é importante conversar com os familiares. Afinal, todos querem o bem estar, o sucesso e a felicidade da criança, não?

© Nério Venson