Mesada: é preciso ter paciência

Mesada: é preciso ter paciência (Educação Financeira 9)

As crianças realmente não aprendem a lidar com dinheiro de uma hora para outra. Serão necessários dias, meses e até anos. E quando pensamos em soltar as rédeas… vêm as recaídas. Mas é um processo educativo. É o trabalho dos pais. É o preço que se paga pela educação financeira, cujo resultado será um adulto financeiramente feliz e bem sucedido.

Infância e adolescência é tempo de aprendizado. É melhor que os erros aconteçam nesse período, porque o montante financeiro envolvido é bem menor. As lições aprendidas dos erros evitarão que falhas semelhantes aconteçam na vida adulta.

Lidar com dinheiro é um hábito. Todos os hábitos são automatizações, processos que executamos quase sempre de forma inconsciente. Por isso a mesada é importante para que a criança habitue-se a usar o dinheiro de forma racional e inteligente. Não basta dar a mesada. Muitos pais fazem isso apenas por comodismo: “Te dou um dinheiro e você se vira com suas coisas.” Isso não é muito bom. Crianças e a maioria dos adolescentes não têm maturidade suficiente para gerir suas finanças sozinhos. Precisam ser orientados, treinados e acompanhados até que possam seguir por conta própria.

© Nério Venson